João Pessoa, 26 de agosto de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CULTURA

Nabor lidera caravana cultural no Sertão

Comentários:
publicado em 26/08/2017 às 17h51

Uma caravana cultural ocorreu na última sexta-feira, dia 25, liderada pelo deputado estadual, Nabor Wanderley (PMDB), e percorreu o município de São José de Espinharas e a Vila Picotes, localidade pertencente aos municípios de São Mamede e Quixaba.

Na ocasião, estiveram presentes, o Secretário de Estado da Cultura, Lau Siqueira, a diretora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), Cassandra Figueiredo, o prefeito de São Mamede, Umberto Jeferson, prefeito de São José de Espinharas, Neto Gomes, Elisabeth Sátyro, viúva do ex-deputado Múcio Sátyro, familiares dos herdeiros do Casarão, Secretários do município, vereador Salomão Gomes, e imprensa.

A caravana teve como objetivo mostrar a Vila Picotes ao IPHAEP e Secretaria de Cultura apontando seu contexto histórico e patrimônio cultural para assim, preservar e restaurar a localidade, bem como realizar uma visita ao Casarão São José, em São José de Espinharas, que teve, recentemente, a aprovação do Conselho de Proteção dos Bens Históricos e Culturais do IPHAEP – CONPEC para o seu tombamento. O Casarão originou o núcleo urbano do município onde o imóvel está situado.

O deputado Nabor Wanderley garantiu que está disponibilizando o seu mandato para trabalhar pela cultura.

“A preocupação que nós estamos tendo com a preservação do nosso patrimônio histórico-cultural do nosso estado. A gente tem procurado fazer esse trabalho, levantar o que temos ainda construído e que precisa ser preservado para evitar a devastação que está sendo feita no patrimônio histórico do nosso país como um todo através do progresso que chega”, explicou.

O prefeito de São Mamede, Umberto Jeferson, após a visita a Vila Picotes, garantiu que acionou o deputado Nabor Wanderley para mobilizar os meios mais prováveis com o objetivo de trabalhar a preservação e futuramente, o tombamento do patrimônio. Umberto disse que nesta segunda-feira, 27, já assinará um decreto tornando o local uma área de interesse social que irá regulamentar as construções para não desvirtuar o valor da Vila onde residem cinco famílias.

A Vila Picotes foi, recentemente, palco de filmagens cinematográficas e de uma campanha publicitária.

Já durante a visita ao Casarão de São José de Espinharas, Elizabeth Sátyro, explicou que ainda em vida, Múcio Satyro, que herdou o Casarão, tentou passar a restauração e conservação do a Igreja e a prefeitura, porém, não conseguiu. Ela ficou agradecida ao deputado Nabor pelo trabalho de preservação da memória histórica do local e que pretende, após todo o trabalho, fazer da Casa um museu.

O Casarão São José foi construído em 1826, e em 1832 passou por modificações para aumentar a segurança contra os cangaceiros. Ele serviu de senzala, cadeia pública e hoje faz parte do imaginário dos munícipes.

Uma vez tombado, o segundo passo é conseguir uma emenda para a restauração.

O Secretário de Cultura do Estado, Lau Siqueira, destacou que os locais visitados nesta sexta interessam a região e que é preciso criar um roteiro de memória na Paraíba, tendo em vista locais que precisam ser restaurados e precisam buscar parcerias. “O deputado foi extremamente sensível a isso”, afirmou.

Já a diretora do IPHAEP, Cassandra Figueiredo, confirmou que o Casarão já está tombado, mesmo que ainda esteja no processo de homologação, e que o IPHAEP disponibilizará uma equipe de técnicos para fazer um assessoramento de como será o trabalho de restauração.

Com relação a Vila Picotes, ela explicou que a solicitação ainda será encaminhada para o Instituto realizar as devidas análises.

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também

Colunas

    Whatsapp(83) 99346-5236

    Começo da noite no bairro do Bessa, em João Pessoa

    Enviado por
    CAROLINE QUEIROZ

    mais lidas