João Pessoa, 04 de julho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
OPERAÇÃO ABISMO

Polícia Federal cumpre 18 mandados em São Paulo nesta segunda

Comentários:
publicado em 04/07/2016 às 11h52
atualizado em 04/07/2016 às 08h55
A- A+
Coletiva de imprensa sobre a 31ª fase da Operação Lava Jato, intitulada “Abismo”, na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR), na manhã desta segunda-feira (4). Rodrigo Félix Leal/Futura Press

A Operação Abismo, a 31ª fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), cumpriu nesta segunda-feira (4), em São Paulo, 18 mandados de busca e apreensão, entre os quais, quatro de prisão. Um deles foi de prisão preventiva contra o ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira, que já estava preso na sede da superintendência da PF desde o dia 23, em decorrência da Operação Custo Brasil. Ele permanece na carceragem da PF e não há previsão de ser encaminhado para outro local.

As outras três prisões são temporárias. Também já está na PF, o presidente da Construcap, Roberto Ribeiro Capobianco. Não foram encontrados Génesio Schiavinatto Júnior e Erasto Messias da Silva Júnior.

A Operação Abismo investiga desvios em licitações para a reforma do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello, da Petrobrás (Cenpes), no Rio de Janeiro, onde são feitos estudos sobre exploração em águas profundas. O Cenpes foi criado há 40 anos e recentemente passou por ampliação para atender demandas de exploração do pré-sal. A reforma já havia sido citada em delações premiadas anteriores como fonte de desvios de recursos públicos para partidos.

Terra

MaisTV

“Nordeste não é problema, é solução”, diz João Dória

AGENDA NA PARAÍBA - 23/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas