João Pessoa, 28 de junho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Veja a beldade

Ana De Biase posa em fotos sensuais após perder peso

Comentários:
publicado em 28/06/2016 às 10h11
atualizado em 28/06/2016 às 07h15
A- A+

Ana De Biase (Foto: Anderson Barros / EGO)

“Faço 50 minutos de alta intensidade duas vezes por semana”, conta ela, aos 36 anos. “O melhor é que não tem impacto no joelho e pego um solzinho ao mesmo tempo. Quando dá, aproveito e dou um mergulho antes de ir embora. É tudo de bom para relaxar”.

Ana De Biase (Foto: Anderson Barros / EGO)

A modelo diz que o peso não mudou – ela, que mede 1,64m, continua com 55kg. “Mas troquei massa gorda por magra. Meu corpo está mais torneado, mais durinho. A gordura localizada está indo embora, minha barriga está mais definida”, comemora. “Mas quero secar mais”.

Para isso, Ana encara sessões de malhação de segunda a sábado. Além das corridas na praia, vai a uma academia onde fica pelo menos três horas todo dia, divididas entre aulas de spinning,core training e musculação. Só de abdominais são mil por dia. “Mas tem que fazer aeróbico, caso contrário não adianta. Se tiver capa de gordura, o músculo não aparece”.

Ana De Biase (Foto: Anderson Barros / EGO)

Dieta
E manter uma alimentação saudável é fundamental, claro. “É o mais importante. Diria que são 70%, e exercícios físicos os outros 30”, diz ela, que segue uma dieta com pouco carboidrato (veja cardápido ao lado). “Se não comer bem, a gordura não sai mesmo”, diverte-se. A dica de Ana para quem quer um abdômen sequinho como o dela? “Evitar o óbvio: doces, refrigerantes, frituras e farinhas. Tem que ter bastante verde e proteína no prato e comer de três em três horas, para que o organismo não armazene gordura. E beber, no mínimo, três litros de água por dia”, ensina.

Ana De Biase (Foto: Anderson Barros / EGO)

Apesar da rigidez, a modelo garante que aos fins de semana escapa da dieta. “Bebo um vinhozinho, saio para jantar com meu marido (o empresário João Tristão). Também adoro uma cervejinha com churrasco e farofa. Aí na segunda-feira volto com foco total”, brinca. “Minha vaidade é normal, não é exagerada. Malhar me faz bem, não é um sacrifício. E não é só pela vaidade, mas pelo meu bem-estar. Quando não treino, me sinto mal. Mas é claro que além de ser bom para a saúde faz bem para a autoestima”.

Ana De Biase (Foto: Anderson Barros / EGO)

ego.globo.com