João Pessoa, 27 de junho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Santa Luzia: quando a tradição resiste

Comentários:
publicado em 27/06/2016 às 09h57
atualizado em 27/06/2016 às 07h00
A- A+
santaluziasaojoao

Público lota pavilhão do evento; a imagem que revela a festa mais forte e emblemática da cidade viva

São mais de setenta anos. A longevidade por si só já atrai olhares e revela a resistência do São João de Santa Luzia, tradicional e obrigatório na rota do forró paraibano. Em tempos de crise, seca inclemente, a bravura do povo santaluziense foi novamente testada e a adversidade superada.

Para quem olhou o horizonte onde um dia existiu o açude da cidade, como eu em recente passagem pela cidade, inevitável o abatimento e a desolação. Mas Santa Luzia, mais uma vez, não se quedou.

De cabeça erguida, deixou a escassez de recursos na poeira e, com criatividade e obstinação, realizou uma festa pra ninguém botar defeito. A Prefeitura mesclou do forró original às variações da moda, agradou e atraiu um grande público.

Uma superação que representa bem o espírito combativo e altivo de sua gente, representado, justiça seja feita, na ousadia e resiliência de Ademir Morais, prefeito que completa seu ciclo de gestões, deixando, também, de legado a perpetuação do São João da cidade no calendário da Paraíba.

Para a autoestima de Santa Luzia, isso é mais que uma obra. É um sentimento.

Termômetro…
A festa de Santa Luzia também serviu para medir a temperatura política e testar popularidade e carisma da sucessão municipal.

…Político
Jackson Santos (DEM), vereador e candidato do clã Morais, circulou bem e mostrou que está com a aceitação em alta.

cartaxolagoaFlagrante da Coluna
Sábado à tarde, o prefeito Luciano Cartaxo, acompanhado da primeira-dama Maísa Cartaxo, chega de mansinho na Nova Lagoa. Sem aparato e sem comitiva, começa a observação. Em instantes, chama a atenção e passa a ser cumprimentado pelos freqüentadores do Parque. Vai de um ponto a outro, apertando mãos e ouvindo depoimentos. Termina a visita à noite, comprando milho numa barraca. Agenda aparentemente simples, mas carregada de simbolismo e estratégia pessoal de intimidade com o eleitor e vinculação com a cidade.

BRASAS
*Unidade – A pré-candidato do PSB, Cida Ramos, conseguiu um feito importante: todo o grupo socialista engajado em torno de seu nome.

*Gestão – Impressiona a aprovação do Governo Ricardo Coutinho constatada nas pesquisas em praticamente todas as regiões do Estado.

*Contagem regressiva – O PSDB se prepara para desembarcar de vez no projeto de reeleição de Luciano Cartaxo.

*Leituras – Em público, o deputado Manoel Júnior resiste. No privado, o PMDB já reflete sobre plano B.

*Dados – Consultor da pré-campanha de Manoel, o jornalista Marcus Alves assegura que o pré-candidato tem números animadores ao seu favor.

*Meta – Professor Charliton Machado, candidato do PT, vai tentar se constituir alternativa à desenhada polarização entre Cartaxo e Cida.

*Gás – Depois da ampliação de Hospital e nova Praça de Eventos, o prefeito Gemilton Souza (PSB) se prepara para inaugurar o Shopping das Redes, sonho antigo de São Bento.

FALA CANDINHA!
Trabalhador contra Trabalhador
De dona Candinha sobre o escândalo dos empréstimos na Era PT: “A malandragem ficou consignada”.

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Por que a eleição na ruidosa Campina Grande ainda está calada?

dornelesrioPINGO QUENTE
“Vamos embora, Ademário”. Do governador em exercício do Rio, Francisco Dorneles (PP-foto), para o motorista, fugindo das perguntas dos jornalistas sobre a crise.

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

MaisTV

“Nordeste não é problema, é solução”, diz João Dória

AGENDA NA PARAÍBA - 23/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas