João Pessoa, 23 de fevereiro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
tragédia

Número de mortos por ciclone em Fiji chega a 29, na Nova Zelândia

Comentários:
publicado em 23/02/2016 às 06h35
atualizado em 23/02/2016 às 03h37
A- A+

O número de mortos deixado pelo superciclone que castigou as ilhas Fiji subiu para 29 – de acordo com números oficiais divulgados nesta terça-feira (23, horário local).

 Este balanço pode aumentar, conforme as equipes de resgate forem se aproximando das comunidades mais remotas.”O número oficial de mortos é 29, já que outros oito cadáveres foram encontrados na ilha de Koro”, anunciou o porta-voz do governo, Ewan Perrin, em declarações por telefone à Rádio Nova Zelândia.

“Espera-se que este balanço se eleve, embora seja um número pequeno”, acrescentou o porta-voz.

No domingo, o ciclone tropical Winston atingiu as ilhas com ventos de até 325 km/h, segundo o Centro Conjunto de Advertência de Tufões da Marinha e da Força Aérea dos Estados Unidos, deixando um rastro de mortes e destruição.

Nunca antes um ciclone de categoria 5 havia castigado o arquipélago, onde vivem 900 mil pessoas. O estado de catástrofe natural foi decretado durante um mês.

O toque de recolher, instaurado para “garantir a segurança”, foi suspenso hoje.

Muitos habitantes passaram a noite em abrigos, onde receberam água e comida. As árvores arrancadas pelos fortes ventos bloquearam estradas e provocaram cortes de energia elétrica em Viti Levu.

G1

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!