João Pessoa, 21 de fevereiro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
em acidente

TJPB nega recurso e professor acusado de matar 3 fica preso

Comentários:
publicado em 21/02/2016 às 09h53
atualizado em 21/02/2016 às 07h08
A- A+
Foto: divulgação whatsapp

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) negou Habeas Corpus impetrado pela defesa do professor Diego Diniz Barros, da cidade de Cajazeiras, preso desde o dia 20 de dezembro de 2015, na cadeia de Pombal, acusado de causar um acidente que deixou três mortos na BR-230.

De acordo com a polícia, Diego voltava para sua cidade, após participar de uma festa em um clube em Pombal, e desenvolvia alta velocidade. Ele invadiu a pista contrária da BR-230 e teria provocado o acidente, que provocou a morte das três pessoas, da mesma família, que morreram na hora. Uma senhora de 75 anos foi socorrida para um hospital de Campina Grande, mas faleceu dois dias depois.

Os advogados do professor alegaram que não havia mais motivo da sua prisão, e pediram que caso fosse mantida, que fosse em cela especial, em virtude do mesmo ter curso superior.

Ao analisar o pedido, o Desembargador João Batista Barbosa entendeu que o acusado deve permanecer recolhido, mas determinou que Diego deve cumprir a pena em cela especial.

Com a decisão, o professor deverá ser transferido da cadeia de Pombal para uma unidade da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros.

MaisPB com Liberdade 96 FM

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!