João Pessoa, 24 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

De que adiantam as marchas…

Comentários:
publicado em 14/10/2011 às 07h07

Não é difícil de entender a razão do esvaziamento e integral desmobilização da marcha contra a corrupção, realizada em pleno feriado da padroeira do Brasil em João Pessoa, cujo público não daria para encher a lotação de um coletivo.

O povo brasileiro não suporta a corrupção e tem se mobilizado como pode contra esse câncer que corrói o intestino da nação. O problema é que ninguém acredita, e com razão, no combate aos desvios de conduta e de dinheiro na gestão pública.

Corruptos são denunciados, mas raramente punidos. A sensação cabal de impunidade alimenta os corruptores a continuarem agindo como se fossem inatingíveis e fulmina a crença do cidadão de ver os bandidos do colarinho branco pagando caro pelo crime que cometem contra o erário.

No auge de sua sabedoria, o povo fica se perguntando onde estão Paulo Maluf, Daniel Dantas, os mensaleiros do Governo Lula e tantos outros ícones conhecidos e reconhecidos da corrupção nacional? Soltos e livres para assaltarem os cofres do país.

Quantos gestores públicos, pegos com a mão na cumbuca, misturando o público com o privado, realmente devolvem as cifras dos roubos constatados por auditorias e atestados pelas cortes de contas? Não há notícia dessas devoluções.

Só o exemplo de punição rigorosa inibiria o criminoso e renovaria o sentimento de luta da população brasileira. Na ausência de pena efetiva, o povo brasileiro só tem motivo para desconfiar das leis e da eficiência das instituições do país. Uma pena.

Luz amarela
A secretária de Finanças, Aracilba Rocha, teme que a manutenção da greve do Fisco comprometa o pagamento das contas estaduais no próximo mês.

Dor de cabeça
Enquanto os carteiros já voltaram ao trabalho, os bancários ainda não entraram em acordo com os patrões. O martírio para os clientes deve continuar.

Pavimentando relações com o Interior
O governador Ricardo Coutinho tem agenda hoje no Cariri paraibano, onde entrega estrada (Sumé-Congo), inaugura a segunda etapa do sistema adutor do Congo e empossa os conselheiros do Orçamento Democrático da 5ª Região. No sábado, Ricardo vai a Matinhas, onde assina a ordem de serviço da Rodovia da Laranja.

Arrocho nos irresponsáveis
Louvável a iniciativa do deputado Ruy Carneiro, autor do projeto de lei que preenche lacuna da legislação de trânsito e prevê punição rigorosa e aumento da pena para os assassinos embriagados e disfarçados de motoristas nas ruas e nas estradas.

Valorização do magistério
O deputado Wilson Filho (PMDB), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Profissionais do Magistério, participa hoje, na Câmara Federal, da sessão especial de homenagem ao Dia do Professor. “Os professores merecem todo nosso empenho”.

Regime
Depois de passar da conta, o vereador Bruno Farias (PPS) foi obrigado recentemente a recorrer à dieta da Sopa do Incor. E garante que funciona bem.

Origem celular
Bonachão, o vereador Fernando Milanez (PMDB) diz que, apesar de não ser geneticista, vê muitas semelhanças no DNA de Cássio, Ronaldo e Zé Maranhão.

Pai da casa
O secretário de Comunicação, Carlos Magno, distribuiu nota acusando o governador de desconhecer que Campina tem Casa Abrigo para Mulheres, desde 2004.

Mais uma
O jornalista se ‘contrapôs’ à entrega ontem à noite da Casa Abrigo Ariane Thaís, em João Pessoa, anunciada por Ricardo sob o viés de ineditismo.

No páreo –
“Diogo Cunha Lima reúne todas as condições para disputar a Prefeitura de Campina Grande”. Avaliação do presidente do PSDB municipal, José marques.

Nem aí
Indiferente aos apelos do PSDB ao STF, Wilson Santiago (PMDB), aproveita cada segundo sentado na cadeira de presidente interino do Senado.

Confiança
Ciceristas apostam que a Mix fará a campanha do senador Cícero Lucena (PSDB), mesmo a agência sendo detentora de fatia do bolo da Secom.

Urgência
Associações do Judiciário querem o apoio dos desembargadores para a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração ainda este mês.

E os resultados?
A Paraíba deveria aproveitar mais as posições de destaque no Congresso ocupadas pelos senadores Cícero Lucena, Wilson Santiago e Vital do Rego Filho.

Quem planta…
O ingresso de Felipe Leitão no PP, para desespero do grupo de pré-candidatos que abandonou o PV, deixou o Sargento Denis de alma lavada.

PINGO QUENTE
“É ele entrando por uma porta e a gente saindo por outra”. De Arroz, pré-candidato a vereador de João Pessoa, avisando que ele e seu grupo não ficam no rubacão do PP com a carne de Felipe Leitão pelo meio.

*Reprodução do Jornal Correio da Paraíba

Leia Também