João Pessoa, 21 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Max Oliveira é graduando em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem passagens pelas principais emissoras de rádio de João Pessoa, onde atuou fazendo cobertura esportiva. Atualmente é comentarista e colunista do Mais PB.

futebol paraibano

O futebol paraibano tem pressa

Comentários:
publicado em 17/10/2016 às 13h58

O ano ainda não acabou e o futebol paraibano já respira 2017. Parece querer deixar logo para trás um ano marcado por derrotas doloridas de Botafogo e Campinense, pelo Brasileiro série C e Copa do Nordeste, respectivamente. E para isso, se apressa para arrumar a casa.

Semana passada clubes e federação acertaram o formato de disputa do Campeonato Estadual do próximo ano. 10 clubes participantes, turno e returno, depois os quatro primeiros colocados vão se enfrentar em semifinais e finais, com jogos de ida e volta – para se conhecer o campeão.

Simples, assim.

Botafogo, Campinense e Sousa, últimos representantes do Estado nas competições nacionais, também tem pressa. Os três foram os primeiros a anunciar os nomes dos seus técnicos para a próxima temporada. No caso do Bota, Itamar Schulle foi mantido no cargo pela marca do trabalho, mesmo com a falta de títulos e sem o acesso para serie B.

O Sousa também manteve o seu técnico. Tazinho deixou boa impressão com a campanha na serie D, só que agora terá a oportunidade de comandar o Dino desde o início do ano. Já o Campinense trouxe Paulo Foiani do ASA de Arapiraca para tentar superar as últimas imperfeições: forte do início do ano e fraco no segundo semestre.

Por fim, ainda tem quem espera por definições em 2016.

O Treze parece olhar para o futuro como quem desconfia de que algo de bom possa vir para apagar o passado recente, de amarguras e dessabores. A estratégia passa pela perfeição nas escolhas, primeiro no comando do clube, depois na comissão técnica e elenco.

O Auto Esporte a mesma coisa. Quem ainda respira 2016, mas com a cabeça em 2017 é Internacional e Serrano, finalistas da segunda divisão do Paraibano, ambos com acesso para o certame do próximo ano garantidos. Domingo que vem conheceremos o campeão da segundona. Que chegue logo, o futebol paraibano tem pressa.

Leia Também