João Pessoa, 04 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EFEITO BUmerangue

Após taxar RC de autoritário, reitora da UEPB é vítima do mesmo “veneno”

Comentários:
publicado em 04/05/2012 às 17h28
A- A+

O candidato a reitor da Universidade Estadual da Paraíba, professor José Cristovão de Andrade, lamentou em entrevista à imprensa que a administração da reitora Marlene Alves “não tem diálogo com os segmentos sociais e não discute sobre o papel da UEPB com o desenvolvimento do Estado”.

As declarações do professor contrastam com as posições da própria reitora que, em campanha contrária à decisão do governador em relação ao repasse à UEPB, insinuou que a atitude era autoritária, pois, segundo afirmou, o gestor sequer abriu diálogo com os membros da instituição. Nas palavras de José Cristóvão, autoritária é Marlene Alves.

Sobre as posturas da reitora, Andrade lamentou o fato de a eleição da universidade tenha sido marcada para este mês de maio, sem sequer ter sido discutida amplamente. Inclusive, os demais reitoráveis entregaram documento na reitoria pedindo a transferência dessa votação para o dia 6 de junho, inclusive, o Tribunal Regional Eleitoral disponibiliza as urnas eletrônicas para a votação nessa data.

“Podemos lembrar que a Assembleia Legislativa não realizou sessões para discutir sobre a questão da autonomia da UEPB e o impasse repercutiu negativamente”, lembrou o professor.

MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!