João Pessoa, 09 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PANCADA SECA

SEM PENA: Anísio humilha petista e manda ‘mercenário’ se filiar ao PSB

Comentários:
publicado em 09/05/2012 às 15h52
A- A+

O deputado Anísio Maia (PT) não deixou barato as duras declarações de seu companheiro de partido, Júlio Rafael, que defendeu nesta quarta-feira (9) a cassação do mandato do parlamentar, acusado de uso indevido de dinheiro público para conseguir votos. “Dá até vontade de rir”, desdenhou o deputado petista.

Sem querer entrar no mérito da acusação, Maia partiu para o ataque questionando: “Quem é Júlio para dizer que meu mandato não é legítimo? Um cara que teve 5 mil votos para deputado federal tem moral para falar de uma pessoa que foi eleita?”, ironizou.

Ainda sobre a defesa da cassação de seu mandato feita por Júlio, Anísio rebateu com mais uma ironia: “Ilegítima foi a pretensão dele, que o povo não deu a ele direito de ser deputado”. Sem receio de humilhar seu colega de partido, complementou: “O povo conhece quem é Júlio Rafael e não tava nem doido de Elegê-lo deputado Federal”.

Nitidamente contrariado com a afronta do correligionário, Anísio foi mais contundente e chegou a chamar Júlio Rafael de “mercenário do governo”, a quem, segundo ele, “está a serviço”. Ainda sobre a “ligação” de Rafael aos socilalistas, e rebatendo a proposta de “cassação” de seu mandato, Anísio passou a defender o desligamento do superintendente do Sebrae do PT.

“Depois de ser humilhado nas urnas, só lhe restou a alternativa de servir como sabujo do PSB, com a missão de atacar e depreciar lideranças do PT. Talvez este seja o preço para que ele continue no emprego do Sebrae, onde foi eleito com os votos do esquema governista”, disparou, completando em seguida: “ Já está na hora dele tirar a máscara e assumirde vez o seu amor eterno a Cássio Cunha Lima e agora a Ricardo Coutinho, se filiando ao PSB, partido do qual já é fiel escudeiro”.

MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!