João Pessoa, 15 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PROFECIA ‘DO MAL’

Crendo na ‘volta por cima’ do filho, deputado prevê quando vereador vai perder mandato

Comentários:
publicado em 15/05/2012 às 08h54

O deputado Mikika Leitão (PSL) estabeleceu como prazo limite para o retorno de Felipe Leitão (PP) à Câmara de João Pessoa o dia 20 de junho. De acordo com a previsão do deputado, o vereador Dinho (PR) deve deixar o parlamento no próximo mês.

Deixando a Assembleia Legislativa nesta terça-feira (15) e retornando a suplência, MikiKa saiu em defesa de seu filho, cassado por compra de votos nas eleições de 2008. Ele afirmou que Felipe deve voltar a CMJP por ser, segundo o deputado, absorvido no pleno do Tribunal Regional Eleitoral. “No máximo em vinte de junho Felipe está na Câmara como vereador”.

Com o suposto retorno de Felipe, o vereador Dinho (PR) perderia a cadeira na Casa e afirmação de Mikika é que Dinho tem os dias contados na CMJP. “Não é o fato de ser o veador Dinho, é que o mandato e de Felipe. O voto foi dado a ele”.

Mikika ainda criticou o TRE por ter afastado o seu filho. “Antes o político recorria e ficava no cargo e agora houve essa inovação aqui na Paraíba, de que o político sairia do cargo e o suplente assumiria a vaga do cara que ganhou a eleição”.

“Agora vai ser feito justiça”, complementou o deputado afirmando que haverá celeridade no julgamento e esquecendo que o processo do filho quase quatro anos para ser julgado monocraticamente.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também