João Pessoa, 20 de outubro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CPI da Pandemia

Flávio vê ‘preocupação zero’ com relatório

Comentários:
publicado em 20/10/2021 às 10h00
atualizado em 20/10/2021 às 09h06
A- A+
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) comentou nesta quarta-feira (20) o relatório elaborado pelo relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB-AL), que pede o indiciamento dele, de seus irmão (Carlos e Eduardo Bolsonaro), além do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por supostos crimes cometidos durante a pandemia de Covid-19. O parlamentar afirmou que sua preocupação com o texto “é zero” e que vai entrar com uma representação contra Renan no Ministério Público Federal (MFP).

De acordo com Flávio, o relator teria cometido crimes dentro da CPI, constrangeu testemunhas e usou recursos públicos para fins políticos. “Minha reocupação é zero. Para ter crime tem que haver alguns pilares. Como por exemplo, fake news. Existe crime de fake news? Não existe”, citou em entrevista à TV Senado.

Sobre o teor do documento, o senador disse que não esperava outra postura de Renan Calheiros. “Não poderia esperar nada diferente de quem veio, que é o senador Renan Calheiros. É uma pessoa que responde a inúmeros processos no judiciário. É próximo do Lula e do PT e usou instrumento de CPI como vingança contra Bolsonaro e sua família”, destacou.

Flávio Bolsonaro assegurou ainda que não ele e sua família não cometerem crimes e que a CPI manchou o nome do Senado. “Joga a história do Senado na lata do lixo e faz um relatório com o fígado, o que é um desrespeito aos mais de 600 mil morto da Covid. A CPI não produziu nada de útil. Vamos fazer representação no MPF para os crimes que o Renan cometeu dentro da CPI”, finalizou.

MaisPB

MaisTV

Capital fará busca ativa por não vacinados contra Covid

VÍDEO - 03/12/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas