João Pessoa, 15 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EM 2020

Empresas abriram mais de 2 mi de vagas temporárias

Comentários:
publicado em 15/02/2021 às 09h55
atualizado em 15/02/2021 às 14h20
A- A+

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, desemprego e instabilidade econômica marcaram o país em 2020, mas esse também foi o período onde aumentou o número de contratações de forma temporária no Brasil. De acordo com a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), mais de dois milhões de vagas nessa modalidade foram registradas no ano passado, o que aponta um crescimento de 34,8% em relação a 2019, quando 1,4 milhão de pessoas foram contratadas temporariamente.

O deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Eduardo Carneiro (PRTB) ressalta que alternativa deve ser estimulada no estado por garantir o fortalecimento econômico e ajudar a inserir no mercado de trabalho as pessoas que foram demitidas ou não conseguiram um emprego fixo por conta da pandemia.

“As empresas no Brasil enfrentam dificuldades para se manter diante deste momento tão delicado, e os brasileiros buscam por oportunidades de trabalho para ter um salário no final do mês. Essa modalidade pode ser exatamente o que a economia precisa para girar e movimentar os negócios em nosso país e na Paraíba”, pontuou.

Se antes a contratação temporária era feita, na maior parte das vezes, na área do comércio, neste novo período, a configuração tem sido adotada por diversos segmentos. Conforme a pesquisa, 65% das contratações desse tipo foram feitas por empresas da área industrial, que precisaram atender demandas de organizações de produção farmacêutica, embalagens e outros elementos que tiveram um consumo muito maior por conta da covid-19.

Nessa modalidade, o contrato de trabalho possui um limite de 180 dias, podendo ser prorrogado, apenas uma vez, por mais 90 dias. O estudo mostrou que, durante a pandemia, 22% dos trabalhadores foram efetivados. Eduardo destaca que essa alternativa é também um meio para que empregos temporários se tornem definitivos. “Muitas vezes o mais difícil é entrar em uma empresa e estando prestando o serviço, é uma grande oportunidade do trabalhador mostrar seu potencial e a empresa também observar as pessoas que podem integrar a organização de forma integral”, ressaltou.

Trabalho temporário – a prática é prevista pela lei nº 6.019/74 e tem o objetivo de atender necessidades transitórias de uma empresa. Ela simplifica a contratação, que se torna fácil e eficaz e aumenta as chances de ingresso ao mercado de trabalho.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!