João Pessoa, 04 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
veja diálogos

Calvário: ex-secretário detalha aval de Ricardo para negociar propina

Comentários:
publicado em 04/02/2021 às 08h23
atualizado em 04/02/2021 às 07h37
A- A+
Waldson Souza

Um documento liberado pela Justiça mostra o depoimento de investigados na Operação Calvário, na Paraíba, com informações sobre as articulações para a formalização de acordos de favorecimentos para aquisição de material destinado à Educação e à Saúde.

Umas das negociações, segundo o ex-secretário estadual de Saúde, Waldson Souza, teria ocorrido no restaurante Mangai, em João Pessoa, para a entrega de R$ 150 mil de propina do empresário Pietro Harley (por meio do ex-assessor Bruno Donato) para o ex-presidente do PSB, Edvalso Rosas, e para o próprio Waldson. No depoimento que prestou ao coordenador do Gaeco, o promotor de Justiça Octávio Paulo Neto, o ex-secretário detalha as negociações:

Questionado pelo promotor sobre se o então governador Ricardo Coutinho tinha conhecimento da negociação, o ex-secretário de Saúde confirmou a ciência de Ricardo Coutinho:

Em outro momento, Waldson diz que recebeu dinheiro das mãos do próprio empresário Pietro Harley, referente ao pagamento de propinas pelo acordo formalizado:

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!