João Pessoa, 31 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ASSALTO

Veículo com vacina contra Covid-19 é roubado em CG

Comentários:
publicado em 31/01/2021 às 14h15
atualizado em 31/01/2021 às 11h38
A- A+
Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Um carro que transportava 70 doses da vacina contra a Covid-19 foi roubado neste domingo (31) em Campina Grande, Agreste paraibano. A vacina era transportado no carro que pertence a uma enfermeira, logo após ela sair do Hospital de Emergência e Trauma e ser abordada pelos criminosos.

Os bandidos renderam a mulher e roubara o carro, que tinha em seu interior um freezer portátil com as doses da vacina que haviam sobrado após imunização de profissionais da unidade hospitalar e seriam devolvidas à Secretaria de Saúde.

O veículo foi encontrado abandonado no início da tarde, no município de Puxinanã, com as doses da vacina. A Polícia Civil afirmou que não houve dano ao imunizante. Os bandidos fugiram e ainda não foram localizados.

A Secretária de Saúde de Campina Grande emitiu nota afirmando que vai apurar internamente as circunstâncias do fato e que a enfermeira é integrante do Comitê Municipal de Imunização e tem prerrogativa para transportar e manusear as vacinas.

Veja a nota:

A Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande esclarece sobre o episódio ocorrido neste domingo, 31, em que doses da vacina da Covid-19 foram levadas por bandidos durante o roubo de um carro. 

O roubo aconteceu após a realização da vacinação de funcionários do Hospital de Trauma. Os assaltantes roubaram o carro e, com isso, acabaram levando as vacinas que estavam no veículo. 

Ainda na manhã deste domingo, a Polícia Militar localizou o carro e todas as doses estavam intactas no compartimento da mala. A equipe da Secretaria avaliou o acondicionamento das vacinas, que estavam na temperatura certa e foram recuperadas. 

As 70 doses estavam em posse da Gerente de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, enfermeira efetiva do município e vacinadora da rede. A servidora é também integrante do Comitê Municipal de Imunização e, portanto, tem prerrogativa para transportar e manusear as vacinas. 

Um boletim de ocorrência foi registrado na Central de Polícia e a Polícia Civil vai investigar o caso. A Secretaria Municipal de Saúde também vai apurar internamente as circunstâncias do fato.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!