João Pessoa, 29 de dezembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
LUTO

Atriz Hilda Rebello, mãe de Jorge Fernando, morre aos 95 anos

Comentários:
publicado em 29/12/2019 às 11h39
atualizado em 29/12/2019 às 08h42
A- A+

A atriz Hilda Rebello morreu, aos 95 anos, neste domingo (29). A artista era mãe de Jorge Fernando, morto em outubro, aos 64 anos.

A informação foi divulgada no perfil oficial do ex-diretor de TV Jorge Fernando, no Twitter. A artista estava internada no CTI do Hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro, com quadro de infecção respiratória.

“Corre para os braços do filho querido Jorge Fernando”, destacou o comunicado, na manhã deste domingo.Hilda Rebello sempre sonhou em ser atriz, mas, ao 18 anos, quando contou o desejo para a família, apanhou do pai, que a proibiu de seguir na carreira. No entanto, em 1989, ela estreou em novelas, guiada pelo filho.

A estreia na Globo foi em Que Rei Sou Eu, depois, ela participou de Rainha da Sucata (1990), A Próxima Vítima (1995), Chocolate com Pimenta (2003), Alma Gêmea (2005), Tititi (2010) e Guerra dos Sexos (2012) – Dona Hilda ainda fez participações em Alto Astral (2015) e Haja Coração (2016).

No cinema, a atriz integrou o elenco de Menino Maluquinho (1995), Sexo, Amor e Traição (2004), Irma Vap – O Retorno (2006) e A Guerra dos Rocha (2008).

Em Guerra dos Sexos (2012), Hilda Rebello contracenou ao lado de Jorge Fernando. Ela vivia uma guarda de trânsito, que, de tanto apitar, virou meme nas redes sociais. Na cena, o filho aproveitou para brincar com a mãe.

“Para com esse negócio de apito, mãe. Para de ficar apitando o dia inteiro”, dizia ele, recebendo uma negativa dela. O diretor então se virava para a câmera e simplesmente falava: “Mamãe”.

MaisPB

MaisTV

Dia D: João defende vacina obrigatória contra a Covid-19

CAMPANHA DE VACINAÇÃO - 25/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas