João Pessoa, 26 de abril de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NÃO RESISTIU

Jovem que levou tiro no rosto no Bar de Netinha morreu, confirma Hospital de Trauma

Comentários:
publicado em 26/04/2013 às 10h57
A- A+

O jovem Egon Davilly de Lima, 25 anos, que foi baleado no último domingo (21), dentro do Bar da Netinha, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta quinta-feira (25), no Hospital de Emergência e Trauma da Capital paraibana.

Segundo informações o boletim médico da unidade, o jovem estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas por volta das 21h desta quinta (25), não resistiu aos ferimentos provocados pelo disparo que atingiu o rosto dele. A família vai fazer a doação dos órgãos da vítima.

O delegado de Homicídios de João Pessoa, Everaldo Medeiros, informou que várias pessoas foram ouvidas, mas não quis detalhar para não atrapalhar as investigações. " O caso está bem encaminhado. Em breve, os acusados serão presos".

A Polícia Civil informou que no dia do crime a vítima estava na companhia de outro jovem quando dois homens chegaram à mesa e iniciaram uma discussão. As imagens mostram o momento em que um homem sai do bar e passa a arma para um comparsa cometer o crime.

Segundo testemunhas através de depoimentos para as autoridades, Egon e um amigo estavam na mesa com um celular gravando imagens dos envolvidos no crime. “Um dos acusados chegou à mesa para saber porque eles estavam sendo filmados. O rapaz ainda tentou tomar o aparelho com câmera”, disse uma das jovens em depoimento.


Correio da Paraíba

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!