João Pessoa, 12 de junho de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
FRENTE PARLAMENTAR

ALPB quer fundo para combate às drogas

Comentários:
publicado em 12/06/2019 às 16h46
atualizado em 12/06/2019 às 20h27
Deputado Wilson Filho (Foto: divulgação/ALPB)

A Frente Parlamentar de Enfrentamento às Drogas foi instalada, na tarde desta quarta-feira (12), na Assembleia Legislativa da Paraíba. O movimento, formado por entidades públicas e privadas, irá sugerir ao Governo do Estado que seja criado um Fundo Estadual de Política Sobre Drogas.

Presidente da frente, o deputado Wilson Filho garante que a proposta seria de ‘retirar’ recursos dos deputados federais, estaduais, senadores, Ministério Público e Poder Judiciário e distribuir em comunidades terapêuticas.

“Temos que mudar a página da teoria e ir para a prática”, analisa. O deputado vê que este é um dos maiores problemas de saúde e segurança pública e precisa que programas sejam fortalecidos, para que se consiga recursos também do Governo Federal e das prefeituras da Paraíba.

Presente no evento, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller, reconhece a importância da iniciativa e de parceiros que ‘lutem’ contra o problema, mas vê que as drogas e o tráfico, já se tornaram um problema sistêmico.

“Droga não é problema apenas da polícia, também é problema da saúde pública, de políticas sociais, de ocupações vinculadas ao lazer”, disse ao Portal MaisPB.

O coronel também criticou as leis no país que favorecem o fortalecimento do tráfico de drogas e não ‘intimidam’ os criminosos. Para ele, as prisões também devem ser avaliadas de forma específica, para que os responsáveis por tirar, de forma direta ou indireta, a vida de usuários, sejam punidos com mais rigor.

Debate na Assembleia estimula discussão na sociedade

Superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Carlos André vê no debate entre os órgãos um fortalecimento da conscientização sobre o uso das drogas e suas consequências na sociedade. “Famílias são destruídas, as drogas aumentam a violência e prejudicam toda a população”, afirmou.

O delegado geral da Polícia Civil, Isaias Gualberto, definiu como ‘chagas’ a proliferação das drogas no estado. Ao Portal MaisPB, ele afirmou que além da repressão, realizada pelas polícias, a prevenção ajuda a diminuir a criminalidade e tem impacto direto na redução dos índices de violência do Brasil.

A Frente foi lançada após deputados estaduais aprovarem, no mês de maio, o projeto de Lei que institui junho como o mês de enfrentamento às drogas no estado. No dia 26, é comemorado o Dia Internacional de Combate às Drogas.

Assista:

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também