João Pessoa, 19 de março de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NO PARANÁ

Beto Richa é preso por desvio de recursos de escola

Comentários:
publicado em 19/03/2019 às 09h15
atualizado em 19/03/2019 às 13h08
A- A+
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) foi preso, na manhã desta terça-feira (19), em Curitiba, em uma operação do Ministério Público Estadual que investiga desvio de recursos que deveriam ser usado na construção de escolas em campanha eleitoral.

A prisão foi determinada pelo juiz Fernando Bardelli Silva Fischer, da 9ª Vara Criminal de Curitiba. Esta é a terceira vez que o tucano é detido.

Richa há havia sido preso em outra investigação do MP paranaense em um desdobramento da Operação Lava Jato, mas foi solto por ordem da Justiça. Ele é apontado como chefe de uma organização criminosa e principal beneficiado com o esquema de recebimento de propinas advindas das empresas privadas responsáveis pela execução das obras nas escolas estaduais.

A ação é um desdobramento da Operação Quadro Negro, que investiga desvios nos recursos destinados à construção de escolas. O empresário Jorge Atherino, apontado pelo MP-PR como operador financeiro de Beto Richa, e Ezequias Moreira, ex-secretário especial de Cerimonial e Relações Exteriores do Paraná, também foram presos.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também