João Pessoa, 15 de julho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
insegurança

ACI e sindicato protestam contra assalto a repórter

Comentários:
publicado em 15/07/2016 às 09h36
atualizado em 15/07/2016 às 11h04

A Associação Campinense de Imprensa (ACI) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Paraíba divulgaram nota a imprensa, na manhã desta sexta-feira (15), protestando contra o assalto a uma repórter de Campina Grande, quando a profissional realizava uma matéria sobre roubo de celulares nas paradas de ônibus nas proximidades da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), localizada no bairro de Bodocongó.

“Resta-nos, além de apresentar solidariedade aos jornalistas Larissa Fernandes, Aídes Brasil e Henrique Epifânio, demonstrar a nossa mais contundente manifestação de resignação e protesto contra o clima de insegurança pública reinante em Campina Grande, que vem vitimando rotineiramente profissionais da imprensa local”, diz a nota.

Como antecipado pelo Portal MaisPB, a nota diz também que “as entidades estão se articulando com o Conselho Municipal de Segurança Comunitária de Campina Grande, visando a promover, em período próximo, um amplo debate com a finalidade de encontrar uma possível solução para o problema da falta de segurança na cidade”

Confira a nota na integra abaixo

NOTA DE PROTESTO

As entidades signatárias da presente nota, enquanto representantes de significativa parcela dos profissionais da imprensa de Campina Grande e da Paraíba, voltam mais uma vez à opinião pública paraibana para solidarizar-se com a equipe de jornalistas da TV Paraíba que foi vítima de violência na noite desta quarta-feira (13), no pleno exercício da profissão.  

Resta-nos, além de apresentar solidariedade aos jornalistas Larissa Fernandes, Aídes Brasil e Henrique Epifânio, demonstrar a nossa mais contundente manifestação de resignação e protesto contra o clima de insegurança pública reinante em Campina Grande, que vem vitimando rotineiramente profissionais da imprensa local.

Reconhecendo que o problema da insegurança pública envolve vários fatores, as entidades abaixo assinadas estão se articulando com o Conselho Municipal de Segurança Comunitária de Campina Grande, visando a promover, em período próximo, um amplo debate com a finalidade de encontrar uma possível solução para esse fenômeno social que aflige a toda a sociedade.

Paraíba, 14 de julho de 2016.

Associação Campinense de Imprensa

Fernando Soares – presidente

Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Paraíba 

Antônio Nunes – vice-presidente e presidente em exercício

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também