João Pessoa, 21 de fevereiro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
interditada

Rompimento de represa deixa cratera em rodovia de Goiás

Comentários:
publicado em 21/02/2016 às 18h05
A- A+

Após a barragem de uma represa particular se romper, um trecho da GO-070 entre Itaberaí e Itauçu na região central de Goiás, ficou destruído, deixando uma cratera no km 61 da rodovia. Segundo a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), engenheiros foram ao local neste domingo (21) e analisam a situação. O trecho entre as duas cidades permanece interditado e ainda não há previsão de quando a pista será liberada.

Quando a represa se rompeu o volume de água se sobrepôs ao nível da rodovia, no final da tarde de sábado (20). Depois que o nível da água baixou foi possível ver que, no sentido da via que vai de Itaberaí para Goiânia, parte do asfalto permaneceu, mas toda a estrutura que o sustenta por baixo foi danificada. No sentido contrário, uma parte da pista foi levada.

O presidente da Agetop, Jayme Rincón, afirmou ao G1 que o dano à GO-070 foi muito grande e o planejamento para reconstruir o trecho da rodovia que foi levado pela água ainda está sendo elaborado. “O trecho onde água da represa passou rompeu toda a rodovia, o estrago foi muito grande, era o local onde tinha um aterro para passar água. Até terça-feira [23] saberemos quanto tempo vai levar o reparo”, afirmou.

Segundo Rincón, a rodovia é de grande fluxo. Ele estima que cerca de 15 mil veículos passem pelo trecho todos os dias. Muitos deles são caminhões e carretas que transitam pelo local para levar produção agropecuária da região.

“Vamos ter muitos problemas de tráfego ali. Nessa região existem muitas represas e é importante que o volume delas seja sempre monitorado. Por causa do aumento no volume de chuvas a cada ano, elas podem não suportar [a quantidade de água] e se romper, por isso tem que haver fiscalização”, pontuou.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que os motoristas que utilizam a GO-070 para terem acesso às cidades de Itaberaí e Itauçu devem passar por desvios. Para quem trafega de Itaberaí indo para a capital, a opção é passar pelo acesso ao povoado de Ordália, e em seguida retomando à Itauçu. No sentido contrário, o condutor deverá entrar na GO-154, passando por Taquaral para ter acesso à Itaberaí.

Sem vítimas
O capitão do Corpo de Bombeiros Eduardo de Melo, contou ao G1 que, no momento do rompimento da represa a corporação foi acionada e, junto com a PRE, conseguiu evitar que veículos chegassem ao km 61, onde o fluxo da água se sobrepôs à estrada. Após buscas e monitoramento da região, não foi constatado nenhuma vítima do acidente.

“Nossas equipes sobrevoaram o local e continuamos lá até o final da manhã. Em seguida, vamos fazer um levantamento dos danos materiais causados pelo acidente. Até agora, não foi registrada nenhuma ocorrência de morte ou ferimento relacionada ao rompimento da barragem”, explicou.

Trecho da rodovia foi interrompido por causa do grande folume de água Goiás Itaberaí (Foto: Thaís Luquesi/TV Anhanguera)
Trecho da rodovia foi interrompido por causa do grande volume de água (Foto: Thaís Luquesi/TV Anhanguera)

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também