João Pessoa, 18 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
POPULAÇÃO

Brasil tem quase 6 milhões de mulheres a mais que homens

Comentários:
publicado em 18/09/2014 às 16h12

A população brasileira tem quase 6 milhões de mulheres a mais que homens, de acordo com a Pnad 2013 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada nesta quinta-feira (18) São 103,685 milhões de mulheres contra 97,782 milhões de homens (veja gráfico abaixo).

A maior diferença entre homens e mulheres está na região Sudeste. Elas são 43,8 milhões, enquanto 40,7 milhões são homens. Por outro lado, na região Norte, o jogo está equilibrado: são 8,5 milhões de mulheres e 8,5 milhões de homens.

No Sul, 14,8 milhões mulheres e 14 milhões homens. No Nordeste, elas são 28,8 milhões e eles, 27 milhões. Por fim, no Centro-Oeste, há 7,6 milhões de mulheres e 7,4 milhões de homens.

Cidade x campo

Nas cidades, vivem 89,6 milhões de mulheres e 82,4 milhões de homens — uma diferença de 6,8 milhões de pessoas. Já na zona rural, o cenário é diferente, já que tem 1,3 milhão de homens a mais do que mulheres — eles são 15,29 milhões contra 14,08 milhões de mulheres. Na região rural, a maioria dos residentes tem entre 10 e 14 anos.

No Brasil, que atualmente tem 201 milhões de habitantes, a população urbana é quase seis vezes maior do que a rural. São, respectivamente, 172,04 milhões e 29,41 milhões de habitantes nos dois setores.

Enquanto, na região rural, os homens foram maioria, a região urbana define o quadro geral do País, com o número de mulheres superior ao de homens: são 89,59 milhões de mulheres contra 82,45 milhões de homens.

Entre a população feminina, a diferença entre as duas regiões é grande. Ao mesmo tempo em que 89 milhões de mulheres vivem na zona urbana, apenas 14 milhões estão na zona rural.

R7

Leia Também