João Pessoa, 02 de novembro de 2014 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MMA

Anderson Silva testa força da perna antes de voltar aos octógonos

Comentários:
publicado em 02/11/2014 às 12h16

Anderson Silva vive a ansiedade pela volta ao octógono, mas até entrar em cena, as avaliações são constantes para que o lutador possa reaparecer em condições de voltar ao reinado no MMA. Como parte do treinamento, o brasileiro passou por várias avaliações, entre elas a isocinética. O treinamento muscular consiste em medir, de forma precisa, o grau de força do paciente.

“Iniciei a avaliação com o professor Daniel Gonçalves, em junho, porque meu médico Dr. Marcio Tannure queria saber meus níveis de força e potência, após a cirurgia. O trabalho foi tão bom que retornei para confirmar se estava tendo melhora. E agora, depois dos resultados positivos, decidimos incorporar o isocinético ao nosso cronograma de treinamento e recuperação”, destacou Anderson.

O responsável pela avaliação isocinética é o preparador físico e fisiologista do Vasco, Daniel Gonçalves. Acostumado a trabalhar com atletas de alta performance, Daniel reforça a equipe de Anderson no processo de recuperação conjugando os treinos físicos e de musculação montados pelo preparador físico Rogério, que acompanha o lutador.

“O trabalho no aparelho isocinético é essencial para a plena recuperação de joelho e condução do processo final de fortalecimento muscular e de condicionamento físico em casos de pós-lesão (entorses, estiramentos musculares e condromalácia) e de pós-cirúrgico de joelhos (reconstrução do ligamento cruzado anterior, meniscectomia e artroplastia)”, explicou Daniel.

Anderson Silva volta a lutar no UFC 183, dia 31 de janeiro, contra Nick Dias. Até lá, o brasileiro segue fazendo o trabalho físico, musculação, treinos de lutas e avaliações isocinéticas para acompanhar a evolução da recuperação da perna esquerda.

Terra

Leia Também