João Pessoa, 23 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 02:06 - 2.3 | 08:13 - 0.3 | 14:26 - 2.4 | 20:38 - 0.2 Dólar 3,26 - Euro 3,65

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

A análise do leitor

Comentários:
publicado em 22/03/2012 às 17h08
A- A+

Quem assim a Coluna de hoje é o leitor Rodrigo Marques de Andrade (rmarquesdeandrade@gmail.com). Com a palavra, o ‘colunista’ da vez. “Vai perder dinheiro quem já aposta na eleição de Zé Maranhão. É quase impossível mudar o seu jeito de fazer política. Político com ranço de coronel das antigas, ele pensa e age como se estivesse administrando uma de suas propriedades rurais.

O trunfo que ele carrega para mostrar é a sua decantada experiência administrativa. Na verdade ele tem experiência política, não administrativa. Desde a escolha de auxiliares muito fracos, passando pelo improviso e sem nenhum conhecimento em gestão, Zé Maranhão vai ser o candidato mais fácil de se bater.

Se ele conseguir o feito de ir a algum debate, então pode arrumar a bagagem e voltar para sua terra natal. Governar um município como João Pessoa não é para qualquer um. Precisa-se de conhecimento técnico, conhecer a cidade e seus moradores. Dentre muitas coisas, saber onde ficam as áreas mais carentes e as suas deficiências.

O abraço e o tapa nas costas não funcionam mais. Tem que também ser gabaritado para, por exemplo, comparecer a qualquer tipo de audiência e saber se expressar e ter o que dizer. Enrolação não convence mais ninguém”. Há uma enorme fatia do eleitor pessoense, caro Rodrigo, que pensa bem diferente. E é nisso que Maranhão e o seu séquito se apegam.

Sugesta – Por falar em Maranhão, naquele casarão do Altiplano tem soado como provocação e deboche os ‘convites’ de petistas para o PMDB apontar o vice de Luciano Cartaxo (PT).

Nova era – Ontem, foi a vez do deputado Anísio Maia (PT) repetir a dose. Diagnosticando o fim do ciclo maranhista, Maia cutucou. “Seria de bom alvitre o PMDB indicar o nosso vice”.

Ninho tucano em ebulição – A Assessoria de Cícero Lucena (PSDB) refutou as especulações que borbulham em setores do PSDB sobre suposta de troca do senador pelo deputado Ruy Carneiro na disputa pela Prefeitura de João Pessoa. “O PSDB repudia tal informação. A notícia é inverídica. Fruto da imaginação daqueles que temem a derrota nas urnas”.

Pregação da unidade – E mais: “O PSDB de João Pessoa vai marchar, unido, com Cícero Lucena nas eleições que se aproximam. Esse é o desejo do povo livre e independente de João Pessoa que cansou do modelo ditatorial instalado na Capital”, pontua Nota enviada à Coluna.

Cicerismo não abre mão – O vereador pessoense Marcus Vinicius (PSDB), chefe da brigada cicerista, ironizou os buxixos ligando seu cortador de grama direto no centro dos jardins girassóis”. Só se substitui candidatura do outro lado. Do nosso lado, as coisas estão muito claras”.

Nula – “A chance de isso prosperar é zero”. Resposta automática do deputado Ruy Carneiro, em contato com a Coluna, sobre a “mudança” de candidato tucano no pleito da Capital.

Fechado – Aliás, Ruy Carneiro esteve no final da tarde de ontem no gabinete de Cássio Cunha Lima (PSDB). Saiu ainda mais convicto do apoio do senador a Cícero Lucena.

Espaço preservado – O prefeito Luciano Agra já avisou que não demitirá os petistas ocupantes de cargos na gestão do PSB, apesar da direção municipal, em Resolução, deixá-los à disposição.

Assoviando e… – O vice-presidente do PT, Jackson Macêdo, disse que a entrega dos cargos traduz gesto de humildade dos derrotados no encontro interno que fulminou a tese de aliança com PSB.

…Chupando cana – Ao mesmo em que encena saída do governo Agra, a ala de Couto joga confetes pro PSB. “Reiteramos que esse governo vem mudando a cidade”, registrou Macedo.

Sucessão na Reitoria – Quem respira os ares verdes do campus I da UFPB sente: os demais postulantes não terão oxigênio capaz de conter a polarização entre Margareth Formiga e Lúcia Guerra.

Apelo – O deputado Trócolli Júnior (PSD) cobrou unidade da classe política para evitar que os “R$ 40 millhões investidos na dragagem do Porto de Cabedelo não sejam jogados fora”.

Emperrada – O parlamentar, que é pré-candidato a prefeito da cidade, ressaltou que faltam apenas 10% das obras para conclusão. “Já são seis meses de paralisação e ninguém resolve”.

Idéia fixa – O deputado Guilherme Almeida (PSC) namora a 9Idéia, agência do publicitário Lucas Sales. Não há quem faça o deputado largar a idéia de disputar a prefeitura de Campina.

Tempo ao tempo – O presidente da Câmara de João Pessoa, Durval Ferreira, acha muito cedo para falar em definição do seu PP, mas não deixa de destacar a parceria com o PSB e a gestão Agra.

PINGO QUENTE

Em 20 anos de vida pública, encontrei sorrisos sinceros, mas vários que tinham R$

(Do deputado licenciado e secretário Manoel Ludgério (PSD) em desabafo no twitter sobre as falsas amizades na política)
 

Leia Também