João Pessoa, 20 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de vice-presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Sobre Gandhi e o CRA-PB

Comentários:
publicado em 15/09/2013 às 16h16

Está de parabéns o CRA-PB (Conselho Regional de Administração da Paraíba) pela boa programação que elaborou e com a qual realizou a Semana do Administrador 2013 . E, sem dúvida, essa programação teve como item principal a apresentação do monólogo “Gandhi, um líder servidor”, feita tanto na Capital do Estado como em Campina Grande.

Eu já imaginara que o monólogo “Gandhi, um líder servidor” constituir-se-ia em um dos mais importantes eventos promovidos pelo CRA-PB, em toda sua história. A primeira apresentação foi na segunda-feira, 9 de setembro, Dia do Administrador, no auditório Máster das Faculdades Maurício de Nassau, em João Pessoa. E a ela me fiz presente e me emocionei. A segunda apresentação ocorreu na terça-feira, dia 10, desta feita em Campina Grande, no Cine Teatro do SESC – Centro, sendo que a esta, apesar de toda a vontade de novamente a assistir, não pude comparecer ao lado do amigo e colega administrador (ele de coração campinense) Anchieta Bernardino.

Gente! Esse monólogo, aliás, esse Gandhi interpretado pelo ator global João Signorelli é mesmo emocionante. E a emoção me atingiu com a mesma intensidade de quando assistira, um bocado de anos atrás, ao filme Gandhi. Foi naquele tempo (um bocado de anos atrás, repito… lá pelos anos oitenta!) que passei a ter Mahatma Gandhi como um dos meus principais ídolos. Desde então constatei existir em Gandhi um dos maiores exemplos do verdadeiro líder, o líder/homem que, como ele próprio destacava, “não pode fazer o certo numa área da vida, enquanto está ocupado em fazer o errado em outra”. E completava: “A vida é um todo indivisível”.

Dizia, lá em cima, que o CRA-PB promovera um dos mais importantes eventos de sua história. E assim o disse porque esse monólogo caracterizou-se como uma palestra sobre liderança, a liderança como deve ser praticada, a liderança que corresponde à capacidade de alguém, como Gandhi, demonstrar e convencer aos seus liderados qual o melhor caminho para a conquista da(s) vitória(s). Para tanto, não só ensinava que “nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer”, mas, sobretudo, que “acreditar em algo e não viver… é desonesto”.

Renovo, pois, de público, como administrador profissional registrado no CRA-PB, meus parabéns à atual Diretoria desse órgão (Francisco de Assis Marques, Marcos Kalebbe Saraiva Maia, Edmilson Azevedo Lima, Almir José de Carvalho e Elinaldo Macedo Alves de Lima) que, aliando-se e buscando apoio de outras instituições como o SINAP, a APCA, o SESC, o SEBRAE, as Faculdades Maurício de Nassau e também o Sindicato dos Engenheiros, proporcionaram uma bem programada Semana do Administrador, que constou, também, da palestra do administrador Ari D´Lima sobre “Inovação e Competitividade”, esta às 20 horas da quarta-feira 11 no auditório do SEENGE (em João Pessoa), e do lançamento do Banco de Talentos (na sexta-feira 13, na própria sede do Conselho).

Registro, por oportuno, que graças a esta Semana do Administrador tive a oportunidade de pela primeira vez adentrar às instalações das Faculdades Maurício de Nassau, especialmente ao seu Auditório Máster. E, também nisto, acertou o CRA-PB para nele realizar o monólogo “Gandhi, um líder servidor” na Capital do Estado. Um dos bons auditórios desta cidade… e que mais bonito ficou em razão do grande público que o superlotou!
 

Leia Também