João Pessoa, 17 de janeiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DEPOIS DE ENCONTRO

Ruy Carneiro repudia tentativa de governadores em ressuscitar CPMF

Comentários:
publicado em 09/12/2014 às 15h27

 Logo depois do encontro dos governadores, realizado nesta terça-feira (9) em João Pessoa, onde os gestores propuseram a criação de um novo fundo de financiamento para a saúde pública, a assessoria do deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) divulgou uma nota do parlamentar repudiando a proposta dos governadores.

“Não cabe na cabeça e no bolso de nenhum brasileiro a criação de mais um imposto”, a avaliação é do presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro (PB). Esta foi a reação do parlamentar a notícia de que alguns governadores estariam dispostos a defender o retorno da CPM.

“Seguramente essa ideia não terá apoio dos brasileiros. Tanto é que o tema foi tratado superficialmente por alguns gestores. O Brasil não precisa de novos impostos. O Brasil precisa gastar com eficiência o que já arrecada. O Brasil precisa reduzir os gastos com a máquina pública, combater a corrupção e revisar o seu Pacto Federativo que é um sacrifício para com os estados e municípios”, disse Ruy Carneiro, na Câmara Federal.

O parlamentar recordou a luta para derrubada da antiga CPMF que segundo ele foi desvirtuada no atual governo do PT. “Lutamos para derrubar o imposto do cheque, a antiga CPMF, que naquele instante tinha perdido o seu real objetivo que era o de contribuir com o financiamento da saúde pública”, lembrou.
Ruy Carneiro, no entanto considerou a necessidade de mais investimentos na saúde pública, principalmente para os pequenos estados e municípios. Ele lembrou que o Brasil já conta com 39 impostos. “Basta, não cabe no bolso e nem na cabeça de nenhum brasileiro a criação de mais impostos”, concluiu.

MaisPB com Assessoria

Leia Também