João Pessoa, 23 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Assembleia X governo

Comentários:
publicado em 21/05/2014 às 11h25

A Paraíba espera que a audiência pública hoje, na sede da OAB, cumpra seu papel precípuo e não se transforme numa queda de braço eleitoral em que a oposição use o espaço com o objetivo de desgastar a imagem do governador e o governo se exima da responsabilidade trocando explicações por acusações a antecessores.

Que se debata com espírito público as contas de 2011 da atual gestão. O que passar disso é pura mesquinharia política às portas de uma eleição. Para mostrar exemplo, a oposição não pode fazer da discussão um palanque. A ela está reservado constitucionalmente o legítimo e inquestionável papel da fiscalização.

Ao governo também cabe a total transparência nas respostas a eventuais itens obscuros apontados pelos parlamentares. Responder ponto a ponto com argumentos plausíveis é mais do que demonstrar preparo para o embate. É, antes de tudo, obrigação e sinônimo de respeito ao patrão maior da administração, o contribuinte.

Apesar dessa torcida, o que se prenuncia é um embate eminentemente político. De um lado, a oposição usando o confronto para “sangrar” o governador Ricardo Coutinho em ano de eleição e o governo aproveitando o gancho para sair do conflito como vítima de uma “orquestração” contra seu líder.

A priori, a operação deflagrada desde a volta do período legislativo pela oposição “vitimiza” o governador porque, pela condução dada até agora através dos seus expoentes, exala o perfume da retaliação a um gestor tido e havido como pouco afeito à relação minimamente harmoniosa com o Parlamento.

A oposição apagará essa impressão no instante em que trouxer à tona provas de desvio ético e corrupção. Na cabeça do povo, é o que tem força para reprovação; de contas e de condutas.
 

*Artigo publicado na coluna do jornalista no Correio da Paraíba, edição do dia 21/05/2014 (Quarta-feira).

Leia Também