João Pessoa, 20 de janeiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NO ACRE

Cantor sertanejo preso por agressão e declara arrependido

Comentários:
publicado em 22/12/2014 às 13h06

Antes de seguir para o presídio, nesta segunda-feira (22), em Rio Branco, o cantor Hangell Borges, preso por agredir com chutes e socos o estudante Fábio Germano, no dia 30 de novembro, disse que estava ‘muito arrependido’ do que fez e afirmou que se pudesse voltar atrás faria tudo diferente.

"Estou muito arrependido, agi com a cabeça quente, sob efeito de álcool, agora vou ter que pagar por isso", declarou.

O cantor foi preso preventivamente no dia 19 deste mês acusado de tentativa de homicídio. Após a agressão sofrida, a vítima teve que passar por uma cirurgia para a implantação de mini placas de titânio no rosto. O fato foi motivado por ciúmes, após uma mensagem de Fábio para o celular da namorada de Hangell.

Na delegacia, o cantor disse ao G1 que lamenta o ocorrido e que nos últimos dias repensou suas atitudes. "No tempo em que a gente passa ali dentro [na cadeia], a gente pensa muito no que já fez. Não quero repetir isso nunca mais, e peço que ninguém repita", diz.

Perguntado se gostaria de dizer algo para Fábio e sua família, ele diz: "Feliz Natal e Feliz Ano Novo".

De acordo com o delegado Roberth Alencar, o cantor ficou alguns dias preso na cela da 3ª Regional porque estava aguardando uma vaga no presídio que enfrenta superlotação. Segundo o delegado, Hangell deve aguardar o andamento do processo preso. Ele foi preso na última sexta-feira, na residência dele.

Após fazer o exame de corpo de delito, Hangell foi encaminhado ao presídio Francisco d’Oliveira Conde.

Entenda o caso

Fábio Germano, de 27 anos, foi espancado pelo cantor Hangell Borges, sofrendo fraturas na mandíbula e maxilar, na madrugada do dia 30 de novembro, no Bairro Habitasa, onde reside, em Rio Branco. O pivô do caso teria sido Franciele Idalino, namorada do cantor.

A vítima teria enviado uma mensagem para o celular de Franciele, às 4h30. No entanto, quem visualizou a mensagem foi Hangell Borges, que começou a responder como se fosse a namorada, até saber o endereço de Fábio.

Segundo a família da vítima, a agressão começou com um soco, que fez o irmão cair desacordado. Em seguida, Hangell teria dado chutes e até pisado no rosto de Fábio. Somente após a intervenção de algumas pessoas, que estavam no local, que o cantor teria parado de bater.

Ao G1, na época, Franciele Idalino, namorada de Hangell Borges, nega que tenha qualquer envolvimento com a vítima. Ela acredita que Fábio conseguiu seu número em algum grupo no aplicativo Whatsapp.

G1

Leia Também