João Pessoa, 18 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CONFLITO ONLINE

Coreia do Norte acusa EUA por interrupções na Internet

Comentários:
publicado em 27/12/2014 às 14h09

  A Coreia do Norte acusou os Estados Unidos neste sábado de ser responsável pelas interrupções da Internet experimentadas nos últimos dias em meio ao confronto entre eles sobre o ataque de hackers ao estúdio de cinema Sony Pictures.

Os principais sites da Coreia do Norte tiveram interrupções intermitentes no início da semana por razões que as empresas de tecnologia disseram que poderiam ir de falhas tecnológicas a ataques de hackers.

"Os Estados Unidos, com o seu grande tamanho e alheio à vergonha de brincar de esconde-esconde, como crianças com coriza, começou a interromper as operações de Internet dos principais meios de comunicação de nossa república", disse a Comissão Nacional de Defesa do Norte em comunicado.

"É verdadeiramente ridículo", disse um porta-voz da comissão, em comentários à agência de notícias oficial da Coreia do Norte, a KCNA.

O porta-voz voltou a rejeitar uma acusação pelo Escritório Federal de Investigação dos EUA de que a Coreia do Norte estava por trás do ciberataque à Sony Pictures e exigiu que o país apresentasse as provas de sua acusação.

O problemas de Internet da Coreia do Norte começaram na semana passada, que incluíram uma interrupção completa de quase nove horas até que os links fossem totalmente restaurados na terça-feira.

Autoridades dos EUA disseram que Washington não estava envolvido.

Após o ataque, a Sony cancelou o lançamento da comédia "A Entrevista", sobre o assassinato fictício do líder norte-coreano Kim Jong Un.

Após as críticas do presidente Barack Obama, a Sony colocou o filme em lançamento limitado.


Reuters 

Leia Também