João Pessoa, 20 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ACOMPANHAMENTO

Ricardo anuncia a criação do conselho estadual de transparência

Comentários:
publicado em 01/01/2015 às 18h25

O governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou durante o seu discurso de posse para o segundo mandato, em solenidade na praça do povo do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa (PB), que irá criar o Conselho Estadual de Transparência Pública, que servirá como ferramenta de transparência para a população acompanhar as ações do poder Público.

“Esse será um instrumento que a população terá para si, ao lado dos outros órgãos, como Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público e a Assembleia Legislativa. O conselho de transparência trará mais um debate ético, técnico e político”, afirmou.

No seu discurso, Ricardo destacou que sua vitória, já em 2010, representou o retorno do povo ao Poder, pois conseguiu quebrar práticas “seculares, que engessava a administração pública. “Há exato quatro anos o povo estava chegando ao poder. Eu era a Paraíba masculina, feminina e todas as suas opções. Eu era todos e todas”, afirmou.

Ele fez questão de ressaltar que enfrentou inúmeras adversidades no governo, “enfrentando forças de cima, mas superou tudo com a espinha ereta e cabeça erguida”.

“Neste quatro anos acabamos práticas nefastas, implodimos práticas corrosivas. Implantamos o orçamento participativo, com o povo dizendo suas prioridades na gestão, o Pacto Social. Tirei 54 cidades do isolamento rodoviário, 10 hospitais abertos, criamos mais de mil leitos, três UPAs, seis escolas técnicas, 730 quilômetros de adutoras. Foram quatro anos de nítidos avanços em todas as áreas e setores. Isso vale mais do que qualquer tapinha nas costas”, afirmou.

Ricardo também criticou a suposta judicialização das eleições, uma vez que existem ações no na Justiça eleitoral questionando o seu mandato.

“Pedimos para o povo votar e povo votou. Estou aqui de novo por que o povo assim o quis. Ganhamos por que tivemos mais votos. Tivemos mais votos por que a população reconheceu a melhor prática política e administrativa. É bom que aqueles que perderam tenham a grandeza pública de que neste mesmo o povo quer ser respeitado na sua escolha e artifícios ou manobras não vão afetar o desejo da maioria do povo paraibano”, afirmou.

Cristiano Teixeira – MaisPB

Leia Também