João Pessoa, 12 de novembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MAISTV

Lucélio quebra o gelo depois de eleição e atribui derrota à divisão na oposição

Comentários:
publicado em 12/11/2018 às 10h05
atualizado em 12/11/2018 às 11h57

O ex-candidato ao governo do Estado pelo PV, Lucélio Cartaxo, quebrou o gelo, na manhã desta segunda-feira (12), mais de um mês após o primeiro turno das eleições e atribuiu à divisão da oposição sua derrota nas urnas.

Para ele, os seus votos somados aos obtidos pelo senador José Maranhão (MDB) totalizaram cerca de 43%, o que poderia ter acirrado mais a disputa pelo comando do Poder Executivo estadual.

“Foi um erro da oposição enfrentar um governo, com estrutura muito forte, de forma dividida. Se estivéssemos juntos desde o primeiro momento, com toda certeza, o resultado seria outro completamente diferente”, destacou.

Ele prometeu que fará oposição ao governador eleito João Azevêdo (PSB) e que irá cobrar o cumprimento de propostas de campanha. “O nosso papel como oposição é fazer as cobranças para que, aquilo que foi prometido na campanha e nos debates, seja colocado em prática”, afirmou.

Lucélio disse ainda esperar boa sintonia com o governador eleito, independente de política partidária. “A partir de janeiro é hora de governar. Acredito que a população da Paraíba e, principalmente os pequenos municípios, precisam da parceria com o governo do Estado para melhorar a vida da população”, finalizou.

Assista:

Roberto Targino e Albemar Santos – MaisPB

Leia Também