João Pessoa, 28 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DIREITO/MAISTV

Repassar notícias falsas também gera consequências

Comentários:
publicado em 28/09/2018 às 05h41
atualizado em 28/09/2018 às 06h40

O clima acirrado durante o período eleitoral pode resultar na disseminação de notícias que não são verídicas. Na tentativa de desconstruir a imagem do candidato adversário, partidos políticos e eleitores compartilham informações falsas.

Mas é preciso ter cuidado. Em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba, Carlos Fábio, é que faz a orientação: a punição é aplicada para quem reproduz a “fake news” e não apenas para quem produz.

“Compartilhar gera consequência. Nesse período eleitoral, várias notícias surgem com o interesse de denegrir alguém e como criar também uma expectativa falsa na cabeça do eleitor”, disse.

Confira a entrevista:

MaisPB

Leia Também