João Pessoa, 27 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
procedimento eleitoral

Santinhos com foto de Lula são alvos do MPF

Comentários:
publicado em 27/09/2018 às 06h04
atualizado em 27/09/2018 às 12h26

O Ministério Público Federal na Paraíba instaurou, nesta quinta-feira (27), um procedimento eleitoral para investigar irregularidades em propagandas de campanha, como santinhos e adesivos, que possuem ligação com o ex-presidente Lula (PT), preso em Curitiba por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato.

De acordo com a portaria, assinada pelo procurador eleitoral Victor Veggi, o material com a presença do petista poderia induzir o eleitor paraibano ao erro.

“Apurar notícias encaminhadas de propagandas (“santinho” e adesivos), supostamente irregulares, haja vista constar o nome do ex-presidente Lula com o potencial de confundir o eleitor”, diz um trecho da medida.

A partir de agora, o procedimento tem 60 dias para ser finalizado ou caso necessário, seja prorrogado.

O ex-presidente Lula chegou a ser lançado em convenção nacional do PT como nome do partido para disputar à Presidência da República, mas teve a candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa pelo Tribunal Superior Eleitoral.

MaisPB

Leia Também