João Pessoa, 19 de julho de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
vegano

Dado Dolabella diz que agrediu ex-companheiras porque consumia carne

Comentários:
publicado em 19/07/2018 às 16h21

Dado Dolabella voltou a falar a respeito das agressões que cometeu no passado. O ator usou as redes sociais, na última quarta-feira (18), para responder a uma publicação da jornalista Elisa Oliveira, e relacionou os atos de violência ao consumo de carne.

“Você como jornalista deveria ser imparcial, reportar apenas a verdade! Quando aconteceu o que você falou, há mais de 10 anos, eu comia muita carne. Era mais um ‘carnilson’ idiota e cego!”, relembrou o bonitão.

E continuou: “E hoje sendo vegano afirmo com toda certeza: ‘A violência que a gente ingere é a violência que a gente exala’. Leia o livro ‘A Política Social da Carne’ e veja, inclusive, que além da violência, o carnivorismo está totalmente ligado ao machismo. Graças a Deus, às pessoas como a Luisa e o Gary Yourofsky, hoje sou vegano! Não carrego mais violência nas veias! Paz e amor na tua vida”.

A discussão teve início após Elisa provocar Dado em uma postagem sobre alimentação. “Não adianta ser vegano e bater em mulher e não pagar pensão para os seus filhos”, escreveu.

Dolabella, para quem não sabe, foi preso pela Polícia Civil de São Paulo por falta de pagamento de pensão alimentícia a Eduardo, fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves.

Vale lembrar que em 2008 o ex-galã se envolveu em uma grande polêmica ao agredir a então namorada, Luana Piovani, e sua camareira. Na época, a atriz conseguiu na Justiça uma medida protetiva que obrigava o ex a manter no mínimo 250 metros de distância dela.

Além disso, o artista também foi acusado de violência doméstica por Viviane Sarahyba, sua então esposa, em 2010, após 11 meses de casamento.

Famosidades

Leia Também