João Pessoa, 05 de abril de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CAMPINA GRANDE

Em assalto, funcionários e clientes dos Correios são mantidos reféns

Comentários:
publicado em 05/04/2018 às 09h15
atualizado em 05/04/2018 às 10h58
Foto: Márcio Rangel

Funcionários e clientes de uma agência dos Correios localizada em frente a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no bairro de Bodocongó, foram feitos reféns durante assalto na manhã desta quinta-feira (05). A Polícia Militar está no local para negociar com um dos bandidos, que mantém cerca de três pessoas reféns.

Os três homens chegaram a assaltar a agência, mas na fuga foram surpreendidos pela Polícia Militar. Um dos assaltantes se entregou e foi preso pela polícia. Toda avenida foi interditada pela polícia em virtude do risco.

Agredido, o vigilante da agência, Ricardo Vinícius de Freitas Silva, 37 anos, foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Ele revelou que ao chegar ao local para abrir a agência já encontrou um dos assaltantes no interior do estabelecimento, com uma farda dos Correios.

“Pensei em recuar quando ele disse ou entra ou eu mato a menina que já estava dentro. Só tinha um suspeito dentro e ele disse finja que está tudo natural e cadê sua arma? Eu disse que minha arma não fica na empresa. Ele disse então fique na porta esperando o fiscal, pegue sua arma e traga para mim. Quando eu fiquei na porta vi que tinha outros dois suspeitos do lado de fora, de porte médio. Quando tive a primeira oportunidade abri a porta e derrubei os dois que estavam desarmados”, destacou. Na confusão briga corporal o vigilante sofreu uma mordida dos suspeitos.

Acompanhe a negociação na página do jornalista Márcio Rangel

MaisPB

Leia Também