João Pessoa, 06 de janeiro de 2015 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NO ORÇAMENTO

Reitor rebate Nota e diz que participação da UEPB cai ano a ano

Comentários:
publicado em 06/01/2015 às 20h57

 Ao Portal MaisPB, o reitor da Universidade Estadual da Paraíba, Rangel Júnior, se manifestou sobre as acusações de “má fé” e classificação de “gestão omissão e carente de planejamento” imputadas pelo Governo do Estado, em Nota, no começo da noite desta terça-feira. “Não é isso que a comunidade vem acompanhando permanentemente em diálogo com a gestão”, registrou, sem querer polemizar.

O reitor disse colecionar todos os documentos publicados e datados comprovando os alertas ao Governo da necessidade de orçamento. “Não temos problemas com planejamento interno”, assegurou.

“Fizemos um planejamento para 2014 que implicava num montante de R$ 296 milhões, com muitos cortes”, rememorou. O orçamento aprovado pelo Governo ficou em R$ 248 milhões. “Nossa participação proporcional no orçamento do Estado vem caindo ano a ano”, lamentou.

A nova polêmica envolvendo o Estado e a UEPB foi reacendida por conta de atrasos nos pagamentos dos bolsistas da universidade. A instituição fez uma nota de esclarecimento aos bolsistas creditando a situação às dificuldades orçamentárias. Em seguida, o Governo reagiu com Nota acusando a gestão de agir com má fé.

MaisPB

Leia Também