João Pessoa, 17 de Março de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
método de ensino

Professor usa poesia para ensinar legislação

Comentários:
publicado em 17/03/2018 às 17h56
atualizado em 18/03/2018 às 09h30

O professor José Carlos Santos Filho adotou uma metodologia diferenciada para ensinar legislação de trânsito e facilitar a absorção de conhecimento em alunos de uma autoescola em Monteiro, no Cariri paraibano: o uso de poesia. Vídeos das aulas foram compartilhados nas redes sociais pelos aspirantes a motorista, que aprovaram a inovação.

Ao Portal MaisPB, José Carlos explicou que decidiu inovar ao perceber que muitos alunos tinham rotinas exaustivas de trabalho. O objetivo é tentar “prender” a atenção deles na aula. O método deu certo e empolga a quem acompanha.

Ele foi agente de trânsito na Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa por oito anos e ao ser aprovado em concurso para Justiça Federal foi designado para atuar na cidade de Monteiro. O convite para dar aulas em autoescola ocorreu recentemente. “Resgatei a primeira parte de uma poesia e naquele mesmo dia fiz a segunda parte, recitei para os alunos e todos gostaram”, explicou.

No processo para retirar a Carteira Nacional de Habilitação são necessárias 40 horas, distribuídas em cinco horas diárias de aula por oito dias. “O assunto é muito pesado para o tempo, então a gente tem que fazer de tudo para ter a atenção dos alunos: versos de cordel, causos do dia a dia, contação de histórias. Tudo dentro do tema para que eles assimilem, absorvam e se mantenham atentos ao que está sendo ensinado”, afirmou.

Segundo ele, os resultados são perceptíveis. “Quando a atenção está caindo, o cansaço está batendo, a gente conta uma história e aí a gente retoma a atenção da turma”, arrematou.

MaisPB

Veja vídeo da aula:

MaisPB

Leia Também