João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

PMDB fecha questão, mas Veneziano diverge

Comentários:
publicado em 06/12/2017 às 18h34
atualizado em 07/12/2017 às 08h22

A executiva nacional do PMDB se reuniu na tarde desta quarta-feira (06) e decidiu fechar questão no apoio a Reforma da Previdência, proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Com isso, a bancada do partido na Câmara, composta por 60 deputados, deve votar a favor do texto apresentado pelo Governo Federal.

Mesmo assim, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, defendeu que não haja “ameaças” nem punição aos peemedebistas que votarem contra a reforma. “Acho que a votação caminha e isso é importante para o Brasil. Se nós aprovarmos a reforma, vamos ter um período no ano que vem virtuoso”, afirmou.

Ao Portal MaisPB, o paraibano Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) afirmou que mesmo com a indicação do partido, votará contrário a reforma.

“Estamos posicionado de acordo com o que entendemos sobre a matéria e sobre o sentimento que a gente extrai da visão externa. A decisão tem que ser movida pela convicção do tema e também como está o sentimento comum da sociedade”, pontuou.

Ainda assim, Veneziano garantiu que não teme nenhuma retaliação por meio da direção da legenda: “Não tenho receio”, disse.

Wallison Bezerra – MaisPB

Leia Também