João Pessoa, 16 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
VENEZUELA

Oposição não reconhece resultados eleitorais

Comentários:
publicado em 16/10/2017 às 10h04
atualizado em 16/10/2017 às 10h05
(Foto: Reuters/Carlos Garcia Rawlins)

A oposição venezuelana, agrupada na Mesa da Unidade Democrática (MUD), disse que não reconhece os resultados das eleições regionais realizadas neste domingo (15) no país, anunciados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE).

O chefe da campanha da MUD, Gerardo Blyde, fez o anúncio em coletiva de imprensa, na qual afirmou que a aliança opositora pedirá uma auditoria de todo o processo eleitoral.

Blyde explicou que a oposição não reconhecia os resultados “não somente devido a todas as violações de lei que vieram sendo cometidas durante o processo”, como a substituição de candidatos e a realocação de centros eleitorais, mas também por causa da violação do direito “de escolher e ser escolhido”.

O opositor acusou o CNE de ter um “sistema trapaceiro, que não é transparente, que representa algumas condições abusivas de quem controla o poder”, e disse que os resultados divulgados pelas autoridades eleitorais “não refletem a realidade”.

Por isso, Blyde disse que exige que se audite todo o processo desde o sistema até as impressões digitais para que possa haver um reconhecimento ou não dos resultados anunciados.

Além disso, a MUD pede a seus candidatos para nesta segunda-feira (16) sair às ruas para apoiar o desconhecimento dos resultados oficiais.

“Estamos em um momento muito grave para a República, para o país, estamos perante um sistema que não dá confiança e que somente uns poucos acreditam que este sistema eleitoral seja transparente e dá garantia a quem vota neste país”, acrescentou Blyde.

G1

Leia Também