João Pessoa, 13 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de vice-presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Quem é contra a faixa exclusiva?!

Comentários:
publicado em 06/10/2017 às 13h26

Por óbvio, os passageiros do transporte coletivo urbano de João Pessoa são favoráveis à implantação das faixas exclusivas para os respectivos ônibus. E estes passageiros correspondem à maioria da população pessoense que dia a dia utiliza os vários meios de transporte para o ir e o vir, seja para a escola, seja para o trabalho, seja para o que for.

Consequentemente esta maioria populacional aplaude as faixas exclusivas, inclusive e principalmente as mais recentemente implantadas, no caso as da avenida Dom Pedro II.

Aliás, sobre estas da avenidaDom Pedro II, ainda não há, por parte da Semob-JP, avaliação específica quanto à diminuição dos tempos nas viagens dos ônibus. Mas, em relação às faixas exclusivas da avenida Epitácio Pessoa, aí, sim, já há avaliações de que cada viagem foi diminuída, em média, 15 minutos. É, pois, um ganho de tempo bem importante para os passageiros do transporte coletivo!

No entanto, os que dispõem de seus veículos particulares para esses ir e vir pela cidade, em regra são contra as faixas exclusivas… e se expressam como que a Semob-JP queira “que as pessoas andem de ônibus sem melhorar a qualidade dos coletivos”.

Em relação a isto, precisa que se saiba que da parte dos passageiros dos ônibus, dentre suas reclamações nem de longe se fala em ter ou não ter ar condicionado, por exemplo. O que mais os passageiros reivindicam é o cumprimento do horário das viagens.

Para tanto, na priorização do transporte coletivo preconizado na Lei Nacional da Mobilidade Urbana, faixas exclusivas para os ônibus são fundamentais!

Leia Também