João Pessoa, 05 de abril de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
em audiência pública

PMJP explica projeto da Barreira de Cabo Branco

Comentários:
publicado em 05/04/2017 às 08h45
atualizado em 05/04/2017 às 08h46

Secretários da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) estiveram na tarde desta terça-feira (4) participando de audiência pública na Câmara Municipal. O motivo foi para esclarecer o projeto de contenção da erosão na barreira do Cabo Branco, que já está em andamento. A empresa Eicomnor Engenharia está fazendo o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental da Barreira do Cabo Branco (EIA/RIMA), cujo prazo de entrega é dia 30 de junho desse ano.

A secretária de Planejamento (Seplan), Daniella Bandeira, explicou que a empresa tem um prazo de 120 dias para entregar o relatório final. “Esse é o nosso cronograma para apresentarmos o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental da Barreira do Cabo Branco. A partir daí, iremos apresentar a sociedade e encaminhar à Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), para que ela possa fazer suas análises e, em seguida, dar continuidade ao projeto”, explicou.

Daniella ainda ressaltou que todo projeto está sendo feito com muita transparência e, principalmente, dentro da lei. “O prefeito Luciano Cartaxo exige e cobra dos seus secretários que adotemos medidas transparentes, sobretudo para a população. É por isso que estamos aqui e vamos participar de todas as audiências públicas que somos chamados para esclarecer a real situação da falésia do Cabo Branco”, ressaltou.

Projeto – A obra consiste na execução de oito quebra-mares, proteção do sopé da falésia, drenagem pluvial e pavimentação de vias. A alternativa escolhida foi a construção de oito quebra-mares paralelos à costa, totalizando uma extensão de aproximadamente 2.600 metros.

Além das iniciativas para amenizar o avanço e a força do mar, o projeto prevê intervenções que têm como objetivo sanar os escoamentos que partem das ruas que estão acima da falésia. Essas vias passarão por obras de drenagem ou de redimensionamento da drenagem já existente, com porte suficiente para atender o aumento dos escoamentos superficiais, decorrente da expansão urbana.

Participação da PMJP – Além da secretária de Planejamento, Daniella Bandeira, participaram da audiência os secretários de Articulação Política, Zennedy Bezerra; de Infraestrutura, Cássio Andrade; adjunto do Turismo, Graco Parente; coordenador da Defesa Civil, Noé Estrela; e os diretores da Semob-JP, Adalberto Araújo e Wallace Massini.

Presenças – Além de 16 vereadores, a Audiência Pública contou com a presença de membros da sociedade civil, do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Fernando Catão; do diretor Superintendente da Sudema, João Vicente Machado; representante do Ministério do Turismo, Elton Nunes; além de deputados federal e estaduais.

MaisPB com Secom-JP

Leia Também