João Pessoa, 21 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
cuidados

Médica alerta mulheres para cuidados com a saúde íntima no verão

Comentários:
publicado em 25/01/2017 às 09h48

Para muitos, o verão é a estação mais aguardada do ano e a época ideal para relaxar na praia ou piscina. Para as mulheres, no entanto, é preciso aumentar os cuidados com a saúde intima, já que as temperaturas mais altas contribuem para a proliferação de bactérias que podem desencadear doenças.

“O calor proporciona o ambiente ideal para o surgimento de algumas doenças intimas, por isso é preciso ficar atenta”, aconselha a médica especialista em saúde da mulher, Wanicleide Leite.

Infecção Urinária

É a infecção bacteriana mais comum do ser humano, especialmente nas mulheres entre 20 e 40 anos. “Às vezes o problema não apresenta sintomas locais, apenas sistêmicos, o que pode dificultar que o paciente associe o desconforto que sente com a doença”, explica a médica.

Para prevenir infecções, é importante beber muita água, já que a hidratação ajuda a manter o aparelho ativo. “No verão, é natural que o corpo desidrate mais rapidamente se não houver aumento no volume de ingestão de água. Isso faz com que haja uma queda na imunidade e aumento do risco de infecções”, orienta Wanicleide.

Outra dica importante é retirar o biquíni assim que sair da praia ou piscina, pois a umidade é outro fator que pode causar infecção urinária. O mesmo vale para roupas de academia. “É comum que as mulheres saiam das atividades físicas direto para outros lugares. O ideal é que ela se troque antes”, analisa a especialista.

Candidíase

A doença é provocada por um fungo e, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não está necessariamente ligada a uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Ela é comum em todas as faixas etárias, inclusive crianças, e pode atingir até os homens.

“Por ser uma doença comum, não é raro ver mulheres que façam automedicação. Isso pode fazer com que o fungo fique mais resistente ao medicamento. O ideal é procurar sempre um médico, mas também é possível usar algumas soluções caseiras que aliviam o incomodo”, detalha doutora Wanicleide.

Herpes Labial

O sol forte também afeta a capacidade de defesa na região labial. Além disso, a doença pode surgir em situações de forte estresse e causar dor e desconforto. “A Herpes Labial é algo que afeta a autoestima do paciente. Felizmente, é possível resolver o problema de maneira rápida, apenas com o uso de pomada”, finaliza a especialista.

Leia Também