João Pessoa, 27 de junho de 2017 | --ºC / --ºC 00:23 - 0.3 | 06:43 - 2.5 | 12:58 - 0.2 | 19:15 - 2.3 Dólar 3,32 - Euro 3,76

ÚltimaHora
recursos hídricos

Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco deverá incluir novo trecho que beneficia a Paraíba.

Comentários:
publicado em 15/11/2016 às 15h43
atualizado em 22/11/2016 às 15h45
A- A+
Senador José Maranhão

O Ministério da Integração Nacional deu sinal verde ao pedido do senador José Maranhão (PMDB/PB), para que seja incluído no Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco o ramal que vai para Apod, no Rio Grande do Norte, e passa dentro do estado da Paraíba, a cinco quilômetros da barragem de Capivara. O ramal deverá atender a Adutora de Capivara, contemplando as cidades de Uiraúna, Joca Claudino, Bernardino Batista, Poço Dantas, Poço José de Moura, Lastro, São Francisco e diversas comunidades rurais localizadas ao longo da adutora.
O Senador José Maranhão (PMDB/PB) tem feito gestões junto ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, em busca de medidas para minimizar os efeitos da grave crise hídrica causada pela prolongada estiagem que atinge o Nordeste, particularmente a Paraíba. Para o senador José Maranhão, o problema só terá uma solução definitiva com a conclusão das obras da transposição, que estão atrasadas. A expectativa de finalização do Eixo Norte se mantem para o próximo ano. Até lá, Maranhão também trabalha pela liberação de recursos para a construção de mais poços e adutoras no Estado.
O Eixo Norte da transposição liga as cidades de Cabrobó, no Sertão pernambucano, e Monte Horebe, São José de Piranhas e Cajazeiras, com 81 quilômetros. As águas do Rio São Francisco devem beneficiar cerca de 12 milhões de pessoas no Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

MaisPB

Leia Também