05 de dezembro de 2016 - 17:40

última hora
21/11/2016 às 15h11

Funjope lança site com programação completa do Festival de Música Clássica

A partir do próximo domingo (27), João Pessoa volta a sediar mais um Festival Internacional de Música Clássica, evento que vai reunir alguns dos nomes mais importantes da música erudita no mundo, pratas da casa e destaques da música instrumental brasileira, como o gaúcho Yamandú Costa e o paulista Ricardo Herz.

Durante sete dias, igrejas e monumentos do Centro Histórico da Capital irão receber concertos e materclasses, tudo gratuito. O 4º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa é uma realização da Prefeitura Municipal da Capital (PMJP), através de sua Fundação Cultural (Funjope), com patrocínio do BNDES.

No site www.musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br é possível conferir a programação completa, perfis das atrações e, ainda, se inscrever para as masterclasses (ver detalhes abaixo).

Reconhecido internacionalmente, consagrado pela crítica especializada e pelo público paraibano, o maior evento de música clássica de João Pessoa terá representantes de nove países, seis deles da Europa, incluindo dois da Península Balcânica e um do Leste Europeu, além de México, Argentina e Brasil.

Ao todo, serão 22 atrações, 11 delas, internacionais. São nomes celebrados nos palcos internacionais, como a saxofonista holandesa Femke Ijlstra, a violista mexicana Dana Zemtsov e a violinista Rosanne Philippens.

“Esses músicos vão se encontrar aqui em João Pessoa, muitos deles pela primeira vez, para realizar um concerto inédito, estreando na cidade apresentações que poderão rodar o mundo depois”, comenta o diretor artístico do festival, o músico Alberto Johnson.

Do Brasil, participam o duo Duas, o Trio de Cordas da Universidade de Goiás e o Quarteto Encore. Entre as pratas da casa, o grupo Iamaká, um trio formado pelos músicos Daniel Espinoza, Daniel Pina e Lucas Bojijian, a Banda de Música da Cidade de João Pessoa 5 de Agosto e a Orquestra Municipal de João Pessoa, sob a regência do seu titular, o maestro Laércio Diniz, também diretor artístico do festival.

Além disso, a programação contempla concertos do bem-sucedido projeto Ação Social Pela Música do Brasil, tanto da base nacional, o Rio de Janeiro, quanto dos dois núcleos de João Pessoa: Alto do Mateus e Mangabeira.

“Vamos manter a mesma formatação dos anos anteriores, com apresentações no belo Centro Histórico da nossa Capital. A abertura será no adro da Igreja de São Francisco, e os concertos irão acontecer ao longo da semana em quatro igrejas: a do Carmo, Batista, São Bento e São Francisco. A grande novidade é que este ano, o encerramento será no Parque da Lagoa”, detalha o Diretor Executivo da Funjope, Maurício Burity.

“O Festival de Música Clássica de João Pessoa vem crescendo a cada ano, em respeitabilidade e popularidade”, acrescenta Burity. “Estamos criando um calendário não só cultural, mas também turístico, uma vez que a repercussão no exterior e nos estados circunvizinhos à Paraíba, como Pernambuco e Rio Grande do Norte, só faz crescer”.

Abertura e encerramento – A abertura do 4º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa será, como nos anos anteriores, no adro da Igreja de São Francisco. A grande novidade para este ano é a presença do gaúcho Yamandu Costa, o violonista mais celebrado de sua geração no país.

Ele sobe ao palco com a Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa que, sob a batuta do maestro Laércio Diniz, executa obras clássicas como a ‘Dança Húngara nº 1’, de Brahms, e populares como ‘Decarissimo’, de Piazzolla, e ‘Brejeiro’, de Ernesto Nazareth. A apresentação começa às 19 horas.

O encerramento, este ano, será no Parque da Lagoa no sábado (3), às 17h. Lá, sob o belo pôr do sol da capital paraibana, o violinista Ricardo Herz divide o palco com a Sinfônica Municipal. Obras de Brahms, Clóvis Pereira e Guerra Peixe fazem parte do programa.

Masterclasses – Além dos concertos, os renomados músicos internacionais que se apresentam durante o 4º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa também irão ministrar oficinas para músicos da cidade. São as chamadas masterclasses.

De segunda a sexta, às 10h, músicos como Michael Stirling (Inglaterra), Isabella Piccioni (Itália), Rosanne Philippens (Holanda) e tantos outros vão ensinar técnicas que são apreciadas no exterior para instrumentos como viola, violino e violoncelo.

As aulas acontecem entre o Hotel Globo, Casa da Pólvora e Igreja São Francisco. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas através do link  musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br/masterclasses/. Dúvidas podem ser tiradas pelo email cadastro.masterclass@gmail.com.

MaisPB