João Pessoa, 22 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ACUSAÇÃO

Jornalista britânico é preso por posse de haxixe na Indonésia

Comentários:
publicado em 10/10/2016 às 09h14

O ex-correspondente de guerra David Matthew Fox, que trabalhou para a agência Reuters por 20 anos, e o australiano Giuseppe Serafino foram presos em Bali, na Indonésia, por posse de haxixe.

O jornalista britânico David Fox cobriu diversos conflitos em países como Afeganistão, Iraque, Timor Leste e Kosovo, desastres naturais no Paquistão e no Sri Lanka e os genocídios no Zaire e em Ruanda.

Em comunicado, a polícia de Bali informou que Fox, de 54 anos, alegou que tinha começado a usar haxixe devido ao estresse depois de ter participado da cobertura do conflito da Somália como jornalista da Reuters.

A polícia de Bali encontrou pouco mais de 17 gramas de haxixe com Fox e Serafino em Sanur, uma cidade à beira-mar em Bali, no sábado (8). “Eles afirmaram que era para uso pessoal”, disse o chefe de narcóticos da polícia de Denpassar, Gede Ganefo.

Serafino, de 48 anos, que vive em Bali desde 2011, disse à polícia que começou a usar o haxixe depois que ele foi diagnosticado com câncer.

Eles podem pegar até 20 anos de cadeia se forem condenados.

G1

Leia Também