João Pessoa, 21 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Fisioterapeuta de 27 anos é achada morta em casa em Goiás; namorado é suspeito

Comentários:
publicado em 09/10/2016 às 15h35
A- A+

Uma fisioterapeuta de 27 anos foi encontrada morta dentro de casa na manhã deste domingo (9), em Vianópolis, região sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, Caillane Marinho estava no quarto da residência com uma marca de tiro na cabeça. O namorado dela, um engenheiro agrônomo que está foragido, é suspeito do crime.

O delegado Eduardo Eustáquio de Miranda, responsável pelo caso, disse que trabalha com a hipótese de crime passional. “O que nos passaram é que eles tinham um tempo de relacionamento curto e brigavam muito. Acredito que houve uma briga antes, pois a casa estava revirada”, disse.

Mirada disse ainda que o advogado do suspeito já entrou em contato com a polícia para negociar que seu cliente se apresente espontaneamente. No entanto, até a publicação desta reportagem, isso ainda não havia ocorrido.

O corpo de jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis.

Relacionamento conturbado
Caillane tem uma filha de 7 anos que mora com a avó. Amigos dela disseram que o relacionamento dos dois era bastante conturbado. Um publicitário, que não quis se identificar, afirmou que o namorado era muito ciumento.

“Eles estavam juntos há seis meses e morando juntos há dois. Eu nunca gostei dele porque ela se afastou muito da gente depois que se conheceram. Na última quinta-feira (6), ela me disse que estava triste e que queria terminar”, afirmou.

Outra amiga, que também pediu sigilo sobre a identidade, também relata situação semelhante. “A gente se encontrava muito quando ela ainda era solteira. Mas depois que ela começou a namorar, nunca mais. O pessoal falava que ele era agressivo e ciumento”, revela.

G1

Leia Também