24 de janeiro de 2017 - 02:02

última hora
06/10/2016 às 16h13 • atualizado em 06/10/2016 às 16h14

Hospital da Unimed-JP pode realizar até quatro transplantes de fígado

Hospital da Unimed, em João Pessoa

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley tem estrutura para realizar até quatro transplantes de fígado por semana. Mas, para que isso aconteça, é necessário que as pessoas se sensibilizem cada vez mais sobre a importância da doação de órgãos. A declaração foi dada pelo cirurgião do aparelho digestivo Cássio Virgílio de Oliveira, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (6) para divulgar um transplante de fígado realizado domingo (2).

Cássio Virgílio é chefe da equipe de transplante de fígado do Hospital Alberto Urquiza, unidade da rede própria de atendimento da Unimed João Pessoa. A entrevista contou ainda com a participação de outros integrantes da equipe médica responsável pelo procedimento e de gestores da Cooperativa.

De acordo com Cássio Virgílio, além da estrutura, existe uma equipe extremamente capacitada e disponível para a realização do transplante de fígado no Hospital Alberto Urquiza. Mas, o número de doadores ainda é pequeno. Por isso, é preciso sensibilizar a sociedade sobre a importância da doação de órgãos. Esse trabalho é realizado pelo serviço público de saúde, que fica responsável pela captação do órgão, entre outras funções.

O paciente beneficiado com o transplante de domingo passado foi o agricultor J.R.S., de 31 anos. Ele tinha Colangite Esclerosante, uma doença rara que fecha os canais do fígado. O paciente passa bem e deve ser transferido da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para um apartamento do Alberto Urquiza nas próximas 24 horas. O órgão transplantado foi coletado de um rapaz de 19 anos.

Alta complexidade

Além de transplante de fígado, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley é credenciado junto ao Ministério da Saúde para realizar transplantes de coração e de rim. Ele é o único da Paraíba com autorização para fazer esses procedimentos de alta complexidade.

“O Hospital está devidamente preparado para a realização de procedimentos de alta complexidade e conta com uma equipe multiprofissional capacitada. Por isso, conseguimos obter resultados extremamente positivos”, enfatizou a gestora clínica dos serviços hospitalares da Unimed João Pessoa, Alexandrina Lopes.

O gestor superintendente da Cooperativa, Marcos César Lopes, chamou a atenção para o fato de que, apesar de ser uma instituição privada, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley está à disposição da sociedade, através de parceria com o poder público, para salvar vidas na Paraíba. “Já realizamos aqui, também, transplantes cardíaco e renal e temos toda a estrutura necessária e equipe capacitada para que mais vidas sejam salvas”, afirmou.

Pioneirismo

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley realizou o primeiro transplante de fígado da Paraíba no dia 7 de junho de 2004. Até domingo, já foram 67 procedimentos.

O hospital dispõe, em sua estrutura, de um moderno centro cirúrgico, um completo Centro de Terapia Intensiva com seis UTIs, Centro de Diagnóstico por Imagem, entre outros serviços essenciais à realização de procedimentos de alta complexidade.

Na equipe médica, estão alguns dos maiores especialistas do Estado e a equipe assistencial é altamente capacitada. Além disso, os investimentos na melhoria dos serviços são permanentes. Prova disso é que o Alberto Urquiza é o único hospital da Paraíba com Acreditação Plena Nível 2, um certificado de qualidade da rede hospitalar.

MaisPB