João Pessoa, 25 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Recursos

Wilson Filho pede diagnóstico de programa federal sobre drogas

Comentários:
publicado em 08/06/2016 às 16h35
atualizado em 08/06/2016 às 16h39

O deputado federal Wilson Filho (PTB) solicitou, durante reunião da Comissão de Segurança da Câmara com o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, nesta quarta-feira (8), em Brasília, um levantamento de como foram gastos os R$ 4 bilhões destinados ao programa ‘Crack é Possível Vencer’, principalmente os valores repassados à Paraíba, no total de R$ 108 milhões. Conforme o parlamentar, o programa era muito bom na teoria, mas na prática seu resultado não ficou claro.

“Nós não conseguimos ver o investimento na prática, principalmente na Paraíba. Eu acho que isso também deve ter acontecido em outros estados. Foram destinados recursos para investimento em câmeras de monitoramento, na aquisição de veículos, na prevenção, nas casas de recuperação. Mas eu gostaria, em nome da Paraíba, de saber informações de como foi gasto esse dinheiro. Se ele chegou a ser aplicado nessas finalidades”, solicitou.

Ele lembrou que os recursos destinados ao programa no Estado foram liberados a partir de uma iniciativa de seu mandato. “Em 2011, nós participamos da primeira Comissão a tratar diretamente e de forma exclusiva da questão do enfrentamento às drogas. Naquela época eu era o vice-presidente da Comissão e continuo mantendo a minha opinião. Não vejo como tratar da segurança pública no país, ou em qualquer estado ou cidade, sem focar em dois seguimentos: na valorização dos profissionais e na questão do enfrentamento às drogas”, destacou o deputado.

Wilson Filho ressaltou ser importante ter conhecimento de como foram gastos os R$ 4 bilhões e a partir desse diagnóstico, estudar a possibilidade de retomada do programa, mas com uma reformulação, principalmente no tocante ao acompanhamento dos projetos e recursos destinados. “Esse é um programa extraordinário, muito importante, mas que se não for colocado em prática ficará sendo mais uma pasta de documentos colocada em cima de uma mesa”, disse.

Ele explicou que o programa tem sobre tutela o Ministério da Justiça, junto com os Ministérios da Saúde e Educação. Existem três vertentes no ‘Crack é Possível Vencer’: a prevenção, com campanhas educativas nas escolas; a recuperação das pessoas que usam drogas, mas que querem voltar atrás; e o combate ao tráfico de drogas.

Durante a reunião, o deputado Wilson Filho alertou para o fato de que muitos dos problemas de segurança pública hoje no país passar pela questão das drogas. “Hoje cerca de 80% dos homicídios tem relação com as drogas. A capital do meu Estado, João Pessoa, era tida como uma Rio de Janeiro melhorada. Tinha a beleza do Rio, mas não tinha a violência. Hoje, ela é a quinta cidade mais violenta do Brasil e a 16ª mais violenta do mundo”, lamentou.

MaisPB

Leia Também