João Pessoa, 25 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ouça entrevista

Cida nega mudança de postura e rejeita pedido do PT

Comentários:
publicado em 03/06/2016 às 09h30
atualizado em 03/06/2016 às 11h12

A candidata do PSB à Prefeitura de João Pessoa, Cida Ramos, negou, nesta quinta-feira (2), que tenha mudado de opinião ao impeachment da presidente Dilma Rousseff e rebateu as cobranças de coerência do PT.

Para Cida Ramos a cobrança de coerência “não faz sentido” diante da sua trajetória em defesa da democracia.

De acordo com Cida Ramos, os petistas deveriam mirar no prefeito Luciano Cartaxo (PSD) que, segundo ela,  foi eleito pela legenda, mas que rompeu politicamente poucos dias antes da vinda de Dilma à Paraíba.

“Essa cobranças não me cabem. Eu não sou refém de partido nenhum. As minhas posições são claras”, destacou.

No entanto, Cida Ramos evitou utilizar o termo ‘golpe’ para denominar o afastamento de Dilma. Ela preferiu considerar um “equivoco” a instalação do processo de impeachment da petista.

Ouça entrevista:

Roberto Targino – MaisPB

Leia Também