João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EM CATOLÉ

Pistoleiros atiram 18 vezes, erram alvo e matam comerciante

Comentários:
publicado em 03/09/2014 às 10h45

O comerciante José Francisco Vieira, 54 anos, foi assassinado, na manhã desta quarta-feira (03), em frente ao seu estabelecimento comercial, a mercearia São José, localizada na rua Capitão Manoel Beníciono bairro do Batalhão, na cidade de Catolé do Rocha, sertão paraibano. A polícia acredita que Zé Gago, como era conhecido o comerciante, foi assassinadopor engano.

De acordo com informações do 12º Batalhão de Polícia Militar, a vítima estava sentada na porta do seu estabelecimento, em companhia de um outro homem e enquanto conversavam, os dois foram surpreendidos por dois homens em uma moto, que efetuaram cerca de 18 disparos contra os dois.

Os disparos seriam direcionados ao homem,identificado como Junior de Basinho, que fazia companhia ao comerciante. Segundo a PM, corriqueiramente Junior agia de forma suspeita na região. Dos 18 disparos, nenhum o atingiu. Ele conseguiu correr e se esconder.

Já o comerciante foi atingido por apenas um disparo no peito, vindo à óbito ao dar entrada no Hospital Regional Dr. Américo Maia de Vasconcelos.

A Polícia Militar deu início à diligências na região, mas até o momento não se sabe o paradeiro dos homens que efetuaram os disparos.

O crime chocou a cidade,pois o comerciante era uma pessoa muito querida, pacata, de grandes amizades Ele residia e trabalhava no bairro do Batalhão há quase 40 anos, e não pesava em seu favor nenhum registro de inimizade. A mercearia de Zé Gago fica a 50 metros do 12º Batalhão da Polícia Militar.

MaisPB (foto Catolé News)

Leia Também